Vereador Edvaldo Lima diz que SINCOL promove abuso de autoridade e desrespeito aos estudantes. Confira debates da CMFS

Edvaldo Lima: “SINCOL precisa se enquadrar e respeitar os estudantes deste município”.
Edvaldo Lima: “SINCOL precisa se enquadrar e respeitar os estudantes deste município”.
Edvaldo Lima: “SINCOL precisa se enquadrar e respeitar os estudantes deste município”.
Edvaldo Lima: “SINCOL precisa se enquadrar e respeitar os estudantes deste município”.

O vereador Edvaldo Lima (PP), na sessão ordinária da Câmara Municipal desta terça-feira (12/03/2014), criticou o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Feira de Santana (Sincol), “por bloquear cartões estudantis equivocadamente”.

Edvaldo citou o caso de Fernanda Carneiro, estudante de Psicologia de uma universidade local, que, segundo ele, teve o cartão estudantil bloqueado pelo Sincol, sob alegação de que o cartão estaria sendo usado por mais de uma pessoa.

O vereador disse que a estudante não encontrou apoio no Procon, Polícia Civil e Defensoria Pública para provar sua inocência, mas conseguiu registrar queixa contra o Sincol na Junta Especial de Conciliação do Fórum Desembargador Felinto Bastos. “A audiência será no dia 26 deste mês”, informou.

Na sequência, Edvaldo Lima chamou a atenção do Sincol, dizendo que o órgão “precisa se enquadrar e respeitar os estudantes deste município”, pontuou.

Presidente da Câmara designa comissão para apurar existência de entidade 

O presidente da Casa da Cidadania, Justiniano França, na sessão ordinária desta quarta-feira (12), designou uma Comissão composta pelos vereadores Isaías de Diogo, Alberto Nery e Eli Ribeiro, para verificar a veracidade das denúncias de que o Instituto Bambu (IMBA) não existe. A referida entidade recebeu um título na Câmara e também há informações de que ela assinou convênio para obter R$ 500 mil do Governo do Estado.

No dia 3 de abril de 2013, a Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou o projeto de lei 22/2013, de autoria do vereador Edvaldo Lima, que concede o título de utilidade pública ao Instituto Bambu. De acordo com a proposição, a referida entidade, fica situada em Feira de Santana, na rua Vasco Filho, nº 320, bairro Serraria Brasil.

Após a apuração da comissão nomeada pelo presidente Justiniano, o vereador Alberto Nery disse que o Instituto Bambu não está situado no endereço indicado. Segundo ele, no local funciona uma casa de eventos e reside um senhor, que contou que também já foi procurado por prepostos da Prefeitura sobre essa questão da entidade.

Conforme o petista, esse mesmo senhor acrescentou que o edil Edvaldo Lima já utilizou o espaço da casa de eventos para fazer reuniões. “Vamos fazer o relatório assinado pelos três membros que compareceram no local, para que seja apurada essa irregularidade”, disse Nery.

O vereador Isaías de Diogo, que também é da comissão, fez questão de ressaltar que ninguém obrigou o morador do imóvel a falar nada. “Não há nenhuma conspiração aqui contra ninguém. Nós defendemos o povo e não vamos aceitar que esta Casa seja omissa em coisas erradas. O proprietário do imóvel afirmou que o edil Edvaldo Lima usou o nome da instituição. Essa associação não existe”, disse Isaías, afirmando que o caso merece investigação da Polícia Federal.

O outro membro da comissão, vereador Eli Ribeiro, também está perplexo com a situação. “Foi usado o nome de uma associação que é de Santo Estevão. Ficamos tristes, porque essa é uma situação grave”, declarou.

O vice-presidente do Legislativo feirense, Reinaldo Miranda, sugeriu a revogação, o mais rápido possível, da lei que concede o título de utilidade pública ao Instituto Bambu. Já o presidente Justiniano França disse que vai esperar o relatório da comissão para posteriormente tomar todas as providências que o caso merece.

Correia sugere melhorias no policiamento ostensivo em Feira de Santana Rondesp

Na manhã desta quarta-feira (12), o vereador Correia Zezito (PTB) usou a tribuna da Câmara Municipal para tratar de assuntos referentes à segurança pública em Feira de Santana.

Correia, que também é policial militar, iniciou o discurso falando sobre a mudança de comando da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar de Feira de Santana (64ª CIPM), ocorrida na tarde de ontem na sede da companhia, situada na rua Edelvira de Oliveira, 444, no bairro Ponto Central.

O edil informou que o major PM Michel Alexander Guimarães Muller de Azevedo assumiu o comando da 64ª CIPM – responsável pelo policiamento do centro da cidade – substituindo o tenente-coronel Amon Pereira Gomes.

Correia enalteceu o trabalho do tenente-coronel Amon Gomes e desejou ao major Michel Mulher boas vindas e sucesso no comando da 64ª CIPM.

Em seguida, o vereador apelou ao Governo do Estado, através do Comando Geral da Polícia Militar da Bahia, que implante, em Feira de Santana, uma companhia especializada, a exemplo da Rondesp, que dispõe, entre outras coisas, de viaturas de maior porte, com guarnições e equipamentos reforçados.

Caso seja viabilizada, Correia sugere o nome do tenente-coronel Amon para ser o comandante dessa companhia, uma vez que este “tem pulso e tem prestado relevantes serviços à nossa população e a Polícia Militar”, afirmou.

Vereador solicita fiscalização do Procon em postos de combustíveis

O vereador Roque Pereira (PTN), em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, reclamou do aumento do preço dos combustíveis na cidade de Feira de Santana. O edil apelou à Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon) para que fosse realizada uma nova fiscalização com o objetivo de coibir os valores abusivos.

“É uma ganância sem limite por parte dos postos de combustíveis. Na verdade, isso é um cartel, pois quando um aumenta, todos aumentam. Faço um apelo à diretora do Procon para que possa fiscalizar novamente, pois o caso está um absurdo. Apelo também ao Ministério Público para que seja tomada uma providência”, disse.

Ele lembrou que, no final do ano passado, o Procon fiscalizou e notificou alguns proprietários desses estabelecimentos no município, por aplicarem reajuste acima do estipulado pelo Governo Federal. Roque informou que, após a fiscalização, os postos de combustíveis reduziram os preços. “Parabenizo o Procon por essa atitude”.

Porém, o vereador observa que este ano houve relaxamento na fiscalização e os preços voltaram a subir. Roque Pereira apresentou uma fotografia de um posto de combustível de Feira de Santana que está com uma faixa anunciando a venda do litro da gasolina em até três parcelas no cartão de crédito de R$ 1,17.

“É uma maneira de enganar o povo com essa onda de três parcelas de R$ 1,17, que totaliza R$ 3,51. Portanto, é uma propaganda enganosa. Eu acho que o Procon de Feira de Santana precisa tomar uma atitude”, declarou.

Posto Piraí 

Na oportunidade, o vereador parabenizou a direção do Posto Piraí, situado no centro da cidade de Feira de Santana, por ter reduzido os preços e por vender atualmente combustível mais barato do que os outros concorrentes.

O vereador David Neto (PTN), que também abastece no Posto Piraí, afirmou que o referido estabelecimento zela pela qualidade do combustível e pelo bem de seus clientes.

Ronny volta a defender projeto de lei que limita altura de prédios 

O vereador Reinaldo Miranda – Ronny (PSDB), em discurso na tribuna da Casa Legislativa, retomou a defesa do projeto de lei, de sua autoria, que dispõe sobre a alteração da lei nº 1.615/92, do uso e ocupação do solo no município de Feira de Santana.

Segundo o projeto, em tramitação há seis meses, o gabarito máximo de altura compreendendo a parte interna do Anel de Contorno (Avenida Eduardo Fróes da Mota), não poderá ultrapassar os 10 pavimentos ou 30 metros.

O debate ressurgiu devido à decisão da Prefeitura de São Paulo ter encaminhado recentemente um projeto à Câmara Municipal daquela cidade com o objetivo de impedir a construção de edifícios com mais de 25 metros de altura, que, em média, têm oito andares, no centro dos bairros verticalizados de São Paulo.

O vereador ressaltou que enquanto o Legislativo feirense engaveta o projeto, cidade de São Paulo já percebeu a necessidade de ordenamento urbano. “Solicito discussão sobre o limite de altura dos prédios em Feira de Santana. Um tema como esse não pode ser ignorado”.

Na oportunidade, o vereador José Carneiro (PSL) sugeriu a realização de uma audiência pública, com a presença de especialistas, para discutir melhor o assunto. “Irei requisitar uma audiência”, disse Ronny.

Gerusa alerta sobre importância da vacinação contra o HPV

A vereadora Gerusa Sampaio (PSD) usou a tribuna da Câmara, na manhã desta quarta-feira (12), para falar sobre a relevância de campanhas que esclarecem fatos referentes à saúde da mulher, como a da vacinação contra o vírus do papiloma humano – HPV. “Campanhas como essa eu apoio. Essa doença tira a vida de muitas mulheres no Brasil”, lamenta a edil.

Há mais de 100 tipos de HPV, vírus transmitido principalmente por meio de relação sexual, pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas. A vacina que começou a ser aplicada em todo o Brasil, desde segunda feira (10), protege contra os quatro tipos mais recorrentes de HPV: 6, 11, 16 e 18 – os dois primeiros ligados a 90% das verrugas genitais e os dois últimos, a 70% dos casos de câncer de colo do útero.

A meta do Ministério da Saúde é que 14.881 adolescentes, de 11 a 13 anos, sejam vacinadas em Feira de Santana. Para garantir proteção completa, a imunização ocorrerá de forma estendida, em três doses. A segunda aplicação deve ser feita 6 meses depois da primeira e a terceira, 5 anos depois.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 290 milhões de mulheres no mundo têm HPV. Em 2011, 5.160 mulheres morreram em decorrência dessa doença, o terceiro câncer mais comum entre as brasileiras, atrás dos tumores de mama e colorretal.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108006 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]