Luciano Simões dispara: “O PT não é um partido que merece confiabilidade”

Luciano Simões: “Quem deve recepcionar a presidenta Dilma aqui é o PT. O PMDB está retribuindo o que recebeu nas eleições passadas".
Luciano Simões: “Quem deve recepcionar a presidenta Dilma aqui é o PT. O PMDB está retribuindo o que recebeu nas eleições passadas".
Luciano Simões: “Quem deve recepcionar a presidenta Dilma aqui é o PT. O PMDB está retribuindo o que recebeu nas eleições passadas".
Luciano Simões: “Quem deve recepcionar a presidenta Dilma aqui é o PT. O PMDB está retribuindo o que recebeu nas eleições passadas”.

O deputado estadual Luciano Simões (PMDB) participou hoje, quarta-feira (19/03/2014), do programa O Sistema é Bruto, da Tudo FM, e conversou com o jornalista Uziel Bueno sobre a relação com o governo petista, a questão da segurança pública na Bahia, eleições, dentre outros assuntos.

Simões reafirmou que o PMDB, não só da Bahia como de vários outros estados, não vai marchar com a presidenta Dilma nas eleições deste ano. “Quem deve recepcionar a presidenta Dilma aqui é o PT. O PMDB está retribuindo o que recebeu nas eleições passadas. O PT não é um partido que merece confiabilidade”, disse o deputado.

Segurança não é prioridade

O parlamentar lamentou a extrema violência que vive a Bahia – que em números reais tem o dobro da violência que ocorre em São Paulo e Rio de Janeiro – e afirmou que esta situação não pode ser atribuída aos policiais e sim ao governo. Ele elogiou a equipe à frente da Secretaria de Segurança Pública, que apesar de competente fica de mãos atadas por falta de recursos.

“Nós temos uma boa equipe de delegados, o secretário é, indiscutivelmente, um homem competente, mas não é prioridade do governo colocar recursos. Falta estruturação e prioridade por parte do governo”, declarou Simões.

Greve da polícia

Sobre o tensionamento das polícias civil e militar e a ameaça de greve, o deputado disse que isso acontece porque o governo não cumpriu com os acordos feitos com a categoria na última greve e, para piorar a situação, apresenta uma proposta “vergonhosa”.

“Eu acabei de saber que o governo pretende enviar para a Assembleia projeto dando aumento de 5,6% dividido em três vezes. Isso é uma atentado às famílias dos servidores baianos. Parece carnê das Casas Bahia”, ironizou.

A oposição na Bahia

Para Simões, a oposição tem dois grandes nomes para apresentar na próximo eleição – o ex-senador Paulo Souto (DEM) e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) – e destacou a importância de ACM Neto (DEM) como grande líder da oposição.

“ACM Neto é o melhor prefeito do Brasil, com 91% de aprovação, e até os adversários elogiam a seriedade de sua gestão. Ele é uma referência nacional. A oposição se orgulha do líder que tem e ele vai marchar junto para vencermos a eleição para governador”, declarou.

Eleições 2014

Com relação à expectativa para a campanha, Luciano Simões disse que acredita que a eleição será tranquila e que a oposição tem grandes chances de vitória, pois o governo do PT na Bahia “não disse para que veio” e, no plano nacional, “está em declínio”.

“A oposição está unida com líderes de relevo a nível nacional. Nós vamos para e eleição para fazer pela Bahia o que ACM Neto está fazendo para o povo soteropolitano”, concluiu.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112842 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]