Salvador: vereador Tiago Correia rebate críticas feitas por Aladilce Souza e defende organização do Carnaval 2013

Vereador Tiago Correia defende administração de ACM Neto e ataca oposição.

Vereador Tiago Correia defende administração de ACM Neto e ataca oposição.

Em resposta a vereadora Aladilce Souza (PCdoB), o vereador Tiago Correia (PTN) respondeu as criticas, “As alterações que ocorreram foram fruto de uma reunião entre a Comissão do Carnaval, que é presidida pelo vereador Henrique Carballal (PT) e composta por vereadores da oposição, independentes e de situação, com o prefeito ACM Neto e representantes dos blocos de Carnaval e camarotes. Reunião esta que durou mais de duas horas”, rebateu Tiago.

A comissão suprapartidária tentou demonstrar para o Prefeito que existem regras que não estão ajustadas a determinados segmentos e precisam ser alteradas. Isto será tema de discussão do novo ciclo de debate Panorama Carnaval. Atualmente os blocos vivem um momento de dificuldade e novas políticas precisam ser elaboradas.  Em relação ao questionamento da parlamentar é importante frisar que nos camarotes que possuem maiores áreas, existem espaços alternativos como boates, praça de alimentação, espaço para shows, lounges temáticos e em alguns casos até mesmo cinema.

E esses espaços somente serão ocupados pelas pessoas em momentos pontuais, isto é, hora elas estão na varanda, hora estão dentro. Ou seja, não utilizam o mesmo espaço ao mesmo tempo e por isso não devemos prever que venderam ingressos até lotar todas as áreas. Além do que, estes equipamentos sofreram significativas transformações nos últimos anos, passando a oferecer mais espaços internos para os foliões, trazendo mais conforto, serviços e comodidade; a legislação de segurança utilizada para o licenciamento passou a exigir corredores mais largos, escadas mais espaçosas, saídas de emergência e rotas de fuga, reduzindo as áreas brutas de vendas; e, ainda por cima, já foi constatado que a fórmula existente até então, não representa a realidade apurada pela SEFAZ e pela SUCOM nos últimos Carnavais.

Por isso o índice de duas pessoas por m² é utilizado até 500m e a partir daí somente uma pessoa por m², “Estranho muito o posicionamento de alguns vereadores de oposição. Em um momento entram na justiça contra o aumento de determinadas cobranças em favor de grandes empresários e agora reclamam de uma suposta redução, quando na verdade vai existir um aumento de arrecadação. Mas como estamos no Carnaval, deixarei para falar de política após a folia momesca”, finalizou o edil.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]