Salvador: Acordo fechado no MPT encerra greve de portuários do Tecon

Ministério Público do Trabalho (MPT).
Ministério Público do Trabalho (MPT).
Ministério Público do Trabalho (MPT).
Ministério Público do Trabalho (MPT).

Acordo firmado durante audiência de mediação realizada na manhã desta sexta-feira na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia, localizada no Corredor da Vitória, pôs fim à paralisação de três dias dos cerca de 500 trabalhadores do Terminal de Contêineres (Tecon) de Salvador. A proposta negociada durante o encontro foi aprovada em assembleia dos trabalhadores realizada no fim da tarde. A categoria volta ao trabalho às 7h desse sábado. Na segunda-feira (24), uma nova reunião está marcada para assinatura do acordo entre a empresa e o Sindicato Unificado dos Trabalhadores nos Serviços Portuários do Estado da Bahia (Suport). Com isso, o dissídio coletivo que havia sido solicitado ao Tribunal Regional do Trabalho pela categoria será suspenso.

A proposta negociada na mediação, conduzida pela procuradora regional do trabalho Maria Lúcia Sá Vieira, prevê reajuste salarial de 7% retroativo à data-base (1º de novembro de 2013). Também serão reajustados os valores referentes aos tíquetes alimentação, que passarão a ser de R$160 em janeiro, fevereiro e março, e de R$200 a partir de 1º de abril. Também ficou definido entre os representantes de trabalhadores e do Tecon que os três dias de paralisação não serão descontados dos salários.

 Os trabalhadores reivindicavam reajuste de 12%, além de aumento para R$18 do valor do tíquete alimentação. Reunidos em Assembleia no último dia 13 (02/2014), os trabalhadores resolveram decretar greve. O Tecon Salvador (Grupo Wilson, Sons) é a maior empresa que opera os embarques e desembarques de contêineres no Porto de Salvador como concessionária da Companhia Docas do Estado da Bahia (Codeba).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111220 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]