Revista Òmnira Publica Escritores de Língua Portuguesa

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
A Revista Òmnira 6, foi lançada na Feira Mensal de Livros do Campo Grande, na Praça do Campo Grande, em Salvador/BA-Brasil
A Revista Òmnira 6, foi lançada na Feira Mensal de Livros do Campo Grande, na Praça do Campo Grande, em Salvador/BA-Brasil
A Revista Òmnira 6, foi lançada na Feira Mensal de Livros do Campo Grande, na Praça do Campo Grande, em Salvador/BA-Brasil

A Revista Òmnira 6, foi lançada na Feira Mensal de Livros do Campo Grande, na Praça do Campo Grande, em Salvador/BA-Brasil, no dia 9 de fevereiro. A Publicação que levou alguns anos adormecida nas suas dificuldades, agora volta com a bateria recarregada, mantendo sua periodicidade, já cronologicamente comprovada em suas duas últimas novas edições e chegando para ocupar lacunas deixadas por tantas outras publicações outrora existentes na literatura, e que sucumbiram ao combate do descaso cultural. A falta de apoio para publicações!

 A Revista Òmnira é uma publicação brasileira onde você encontra: fotos p/b, poemas, poesias, contos, um artigo a cada número, comentários de livros e crônicas de escritores contemporâneos que fazem a cabeça das comunidades de língua portuguesa, isto espalhado em várias seções e colunas conhecidas assim, “Artigo”, “Letras das Províncias”, “Fotos & Fatos” e “Garimpando Letras” dentre outras, além de um “Editorial”, de puríssima literatura, como nessa edição que tem de Angola: Rosalino Van-Dúnem, Vrackichakiri Abelardo, António Vicente e Mpaulo Aguiar e de Moçambique: Abdul Adamo e Tsemba Archeiro e os escritores brasileiros Teresinka Pereira e Maria LA Bonia (residentes nos USA) e que fazem parte desse intercâmbio, dentre os tantos outros brasileiros que compõem a obra literária que tem uma periodicidade trimestral.

A revista é uma publicação da Editora Òmnira (do Brasil) e tem como editores, o jornalista Roberto Leal e o escritor Alberto Peixoto e está aberta a escritores contemporâneos lusófonos que possam investir na publicação e ter de contrapartida o trabalho publicado, receber exemplares da publicação, usufruir de boa assessoria de imprensa, para divulgação da obra e do nome dos participantes a nível internacional.

A publicação se apresenta como uma opção de intercâmbio literário entre países de língua portuguesa, considerada uma porta aberta para que escritores contemporâneos lusófonos possam publicar seus trabalhos no Brasil, e assim poder divulgar sua cultura, seu folclore, suas lutas e suas conquistas. Quer saber mais sobre o trabalho da Editora Òmnira ou quer publicar, esse intercâmbio já vem sendo desenvolvido a números anteriores, quando já publicou escritores contemporâneos de Angola, Moçambique, Portugal, Guiné Bissau, Timor Leste e São Tomé e Príncipe, acesse: www.fundacaoomnira.com.br o jornalista e editor brasileiro, Roberto Leal foi taxativo quando disse: “que seriedade, transparência e experiência, é fundamental para prestar o serviço aos escritores da “Comunidade Lusófona” e isso vem lhe credenciando a prosseguir, o que vem aumentando o número de estrangeiros que procuram a Editora Òmnira para publicar sua obra no Brasil”.

 Mais informações: 

55 (71) 8688-8096. E-mail: lealomnira@yahoo.com.br (preferencialmente use e-mail).

 Fonte: ASCOM/Ed. Òmnira

Foto: Editor Roberto Leal por Carlos Souza

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Alberto Peixoto 487 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Dúvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozóide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua como incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: reyapeixoto@yahoo.com.br.