Especialista em Urbanização de Favelas, secretária de Urbanismo e Mobilidade de Niterói realiza palestra em Salvador

Secretário Manuel Ribeiro e Verena Andreatta.
Secretário Manuel Ribeiro e Verena Andreatta.
Secretário Manuel Ribeiro e Verena Andreatta.
Secretário Manuel Ribeiro e Verena Andreatta.

A convite da Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (SEDUR), a secretária de Urbanismo e Mobilidade do município de Niterói (RJ), Verena Adreatta, realizou nesta segunda-feira (17/02/2014), para servidores e servidoras do Governo da Bahia, uma palestra sobre urbanização de favelas, e contou um pouco da experiência do Rio de Janeiro no enfrentamento dessa questão. O secretário de Desenvolvimento Urbano da Bahia, Manuel Ribeiro, e a superintendente de Habitação da SEDUR, Eleonora Mascia, recepcionaram Andreatta durante o evento, que aconteceu no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador.

Doutora em Urbanismo e Ordenação de Território pela Universidade Politécnica da Catalunha (Espanha), Verena falou sobre a importância da integração social, mas, também, da integração físico-urbanística das populações residentes neste tipo de moradia. “A urbanização de favelas representa o primeiro passo para o enfrentamento da questão da pobreza urbana no país. A população que nela vive passa a ter a garantia de todos os serviços urbanos necessários, como água, luz, esgotamento sanitário, drenagem e equipamentos, em condições técnicas adequadas e integradas aos serviços normais da cidade”, afirmou a especialista.

Entre os desafios enfrentados pelo poder público e pelas populações destas áreas está a reinserção socioeconômica, o que torna necessário o investimento na capacitação profissional, garantindo emprego e renda suficientes para a melhoria da qualidade de vida. “Os diversos avanços conseguidos, tanto do ponto de vista técnico como social e na gestão, foram possíveis graças a uma participação cada vez mais efetiva daqueles que ali vivem [na favela]”, ressaltou Verena. Durante a apresentação na capital baiana, a arquiteta mostrou um panorama da situação no Rio de Janeiro, onde ainda existem mais de 800 favelas.

O secretário Manuel Ribeiro defendeu uma fonte fixa de financiamento para a urbanização de favelas. “É necessário que o Estado brasileiro tenha uma continuidade de recursos disponíveis para o investimento na urbanização de favelas, o que, de forma planejada, permitirá um maior enfrentamento desta questão”, explicou Ribeiro. “A urbanização das favelas deve ser um trabalho constante e extremamente articulado entre os diversos entes federativos”, ressaltou a superintendente de Habitação, Eleonora Mascia.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112757 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]