Empresários de Feira de Santana debatem questões tributárias com Secretário Estadual da Fazenda

Membros do Governo Wagner e o representante dos empresários, Marcelo Alexandrino.

Membros do Governo Wagner e o representante dos empresários, Marcelo Alexandrino.

O secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, participou da reunião almoço com a diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana (ACEFS), para ouvir as reclamações dos empresários feirenses sobre a implantação da TEF (Taxa Eletrônica de Fundos). Os empresários se mostraram preocupados com os custos gerados para o comerciante e pediram soluções.

O presidente da ACEFS, Marcelo Alexandrino, ficou satisfeito com a objetividade da reunião, no sentido de buscar uma discussão técnica para aprofundar as reivindicações dos empresários feirenses e, mais do que isso, foi importante o secretário abrir as portas para o diálogo, com receptividade já que há muitos anos a cidade de Feira de Santana não recebia a visita de um secretário da Fazenda.

Manoel Vitório disse que o fisco estadual está trabalhando mais com tecnologia e automação, dando aos contribuintes o encargo de investir nessa tecnologia, o que causou a preocupação de todos. Ele considerou as reivindicações dos empresários justas e disse que com diálogo buscaria a solução para todos os problemas.

“Vamos procurar quais auxílios poderemos dar na negociação para a aquisição dessas máquinas, como também ficamos de estudar até abertura de linha de crédito que pudesse auxiliar nessa modernização”, afirmou. O secretário avaliou a reunião como muito produtiva e deixou agendado um novo encontro com a classe empresarial feirense para acontecer no próximo mês, após o Carnaval.

Nesta quarta-feira (26), o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), acompanhou o Secretário da Fazenda Estadual Manoel Vitório e o Superintendente de Administração Tributária, José Luiz Santos, no almoço – reunião, promovido pela Associação Comercial de Feira de Santana sob a presidência de Marcelo Alexandrino, no Ville Gourmet, para tratar do assunto TEF (Transferência Eletrônica de Fundos), os problemas que sua implantação tem trazido, além dos custos gerados para o comerciante.

O Secretário Manoel Vitório, destacou que o fisco estadual está trabalhando com mais tecnologia e informação, dando aos contribuintes o encargo de se investir mais em tecnologia, como também a possibilidade de um estudo para a abertura de linha de crédito que pudesse auxiliar nessa modernização que o comerciante precisa ter para atender ao fisco.

O secretário da Fazenda marcou uma nova reunião com a participação da Abrasel ( Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) , da Acefs e empresários. “Tanto o Fisco quanto os comerciantes de Feira saem dessa reunião com um dever de casa pra fazer, já que vamos ter uma reunião logo depois do Carnaval”, disse.

Líder do Governo Wagner avalia debate

Para Zé Neto, a vinda do Secretário Estadual da Fazenda a Feira de Santana para participar dessa discussão foi bastante produtiva. “O secretário vem ouvir a cidade, ouvir o comércio e todos aqueles que nesse momento reclamam que nós precisávamos resolver a questão da TEF. E agora já está decido que nós vamos reunir com a Abrasel que representa bares e restaurantes e todo o setor do comércio ligado a Câmara de Dirigentes Lojistas e a indústria, para que a gente possa, depois do Carnaval, resolver pelo menos com uma das empresas, que é a Cielo, o encaminhamento de baratear e apresentar um sistema que unifique tanto a venda de cartão como a emissão de nota”, pontuou.

Zé Neto destacou que essa unificação obviamente tem um custo. “O nosso objetivo é pegar esse custo e abrir uma linha de crédito no Desenbahia para viabilizar que todos esses comerciantes que queiram nessa linha de crédito com alguma carência e com juro bem menor do que o mercado, possam acessar os equipamentos necessários para que a TEF seja regularizada e possa funcionar plenamente”, assinalou.

O presidente da Associação Comercial de Feira de Santana, Marcelo Alexandrino, destacou a importância da vinda do secretario da Fazenda Manoel Vitório

“A muito tempo não temos a visita de um secretário estadual da Fazenda em Feira de Santana, e a gente  precisa abrir as portas para o diálogo com o Governo do Estado, para que a gente possa apresentar as nossas angústias , para chegar  a um ponto comum. O secretário absorveu as nossas reivindicações e marcou imediatamente uma reunião para a gente discutir a questão mais tecnicamente”, disse.

Empresário Cloves Cedraz avaliou a reunião positivamente

“Muito positiva essa reunião, sobretudo pelo interesse do secretário em poder descer e conversar com os empresários na base e não ficar esperando que as lideranças cheguem às secretarias para discutir os problemas que afligem o interesse de todos”, afirmou.

Cloves destacou que se sente satisfeito ao ver o empenho do deputado Zé Neto para trazer o secretário para discutir com a classe empresário em Feira de Santana. “Justiça seja feita. Não é apenas um empenho de Zé Neto para atender os interesses do empresariado de Feira, por que ele já saiu para debater essas questões do interesse do empresariado da Bahia, e eu fiz alusão a esse comportamento dele na última reunião que tivemos  em Feira com os  presidentes de várias associações comerciais. Tem que ser feito justiça do interesse dele em aproximar o empresário do Governo , no sentido de minimizar os conflitos de interesse”, disse.

Centro de Convenções colocado em pauta

Na oportunidade, Zé Neto falou sobre o Centro de Convenções da cidade apontando a necessidade de uma parceria público-privada (PPP). “Acredito que um equipamento do porte do Centro de Convenções não pode ficar sob a responsabilidade apenas do Governo. Acho necessário uma parceria público-privada, por isso coloco em pauta hoje para que possamos voltar a nos reunir para discutir a questão e montar um cenário para que possamos levar adiante esse nosso intuito”, disse.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]