Senadora Lídice da Mata: “É chegada a hora da mulher no poder”

Senadora Lídice da Mata diz que, ao lado de Eliana Calmon, expressa anseio de mudança da maioria da população baiana.
Senadora Lídice da Mata diz que, ao lado de Eliana Calmon, expressa anseio de mudança da maioria da população baiana.
Senadora Lídice da Mata diz que, ao lado de Eliana Calmon, expressa anseio de mudança da maioria da população baiana.
Senadora Lídice da Mata diz que, ao lado de Eliana Calmon, expressa anseio de mudança da maioria da população baiana.

“Esse é o momento da mulher. Temos uma presidente da República mulher, países importantes como Alemanha, Argentina, Chile tem mulheres como chefes de estado. Nossa batalha é pelo aumento da representação feminina E nesses anos todos  não conseguimos chegar a mais de 10% de representação no parlamento. É chegada a hora de experimentar a mulher em outros espaços de poder.”.

Assim a senadora Lídice da Mata defendeu as pré-candidaturas dela e de Eliana Calmon às eleições de 2014. A declaração da Senadora foi durante entrevista   concedida ao jornalista Ailton Borges, da Digital FM de Alagoinhas. No próximo dia 18, Lídice visitará o município para o Ato de filiação de Gustavo Guerra ao PSB.

“A ideia de Eliana ser a nossa candidata ao Senado sinaliza justamente para a substituição de uma mulher por outra mulher, agregando a isso o fato de que Eliana não vem da militância política, vem de uma carreira jurídica de sucesso que honra o nome da Bahia e das mulheres quando nos representou no STJ e na corregedoria do CNJ. Ela traz a marca das manifestações de rua de 2013 por ser alguém que sai de seu espaço e vem para a politica realizar o desejo de nosso povo de justiça social, o sonho de que a Justiça possa atender às necessidades do povo”, destacou.

Primeira prefeita de Salvador e primeira mulher a representar o Senado Federal em 180 anos, Lídice pretende se transformar na primeira governadora do Estado com a responsabilidade de representar segmentos da população que não tem direitos e são discriminados. “A Bahia se vê chocada com as mortes recentes de duas mulheres por seus ex-maridos. Em pleno seculo XXI realizamos conquistas sociais importantes, mas ainda somos vítimas de um tipo de violência que se dá pelo único motivo de sermos mulheres”, pontuou.

Para ela, a eleição de 2014 na Bahia será atípica em relação das últimas, marcadas pela polarização e decididas no primeiro turno. “Não é fácil, são candidaturas respeitáveis, a da situação pela força e estrutura da máquina governamental, a da oposição  tem estrutura política construída nos muitos anos em que esteve no poder. E tem a nossa, que representa uma alternativa de mudança em busca uma nova forma de fazer política”.

“Em todas as pesquisas a minha candidatura se apresenta com muitas possibilidades e eu acho que está no fato de ser uma politica já conhecida no Estado, fui vereadora, deputada Constituinte, deputada estadual, deputada federal, fui prefeita de Salvador , sou a primeira senadora a primeira mulher a representar o povo baiano no Senado isso me da muita honra representando essa parcela majoritária da nossa população que são as mulheres baianas”.

Lídice parabenizou o prefeito Paulo Cezar (PDT), pela aprovação de 75% da população alagoinhense à sua administração e aproveitou para lembrar que estará no município no próximo dia 18 de janeiro para o ato de filiação de Gustavo Guerra ao PSB.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115123 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.