Produção de abacaxi cresce em Umburanas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Eduardo Salles observa produção de abacaxi e celebra resultado.
Eduardo Salles observa produção de abacaxi e celebra resultado.
Eduardo Salles observa produção de abacaxi e celebra resultado.
Eduardo Salles observa produção de abacaxi e celebra resultado.

Há 20 anos, nem se pensava em produzir abacaxi em Umburanas, localizado no Território de Identidade Piemonte da Diamantina, até que o agricultor João Ferreira de Oliveira, hoje com 84 anos, resolveu testar a cultura. Nos últimos cinco anos, com o apoio da Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), através da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), e da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), e a organização dos produtores, a produção dessa fruta cresceu muito e hoje o município ocupa a terceira posição no ranking, aproximando-se do líder Itaberaba.

“Hoje nós estamos com 2,4 mil hectares plantados, com produção de 35 mil frutos por hectare, e já vamos aumentar a área plantada em mais 300 hectares”, disse Cícero Gomes, presidente da Cooperativa Agrícola Mista do Estado da Bahia (Cooperbahia), responsável pela organização dos produtores.

A potencialidade da produção de abacaxi na região foi o tema central da reunião de trabalho que o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles realizou com produtores nesse domingo (12), data em que toda cidade estava mobilizada para assistir a partida final da Copa do Abacaxi, organizada para divulgar a cultura.

“A produção do abacaxi é uma atividade que pode mudar a realidade de toda região”, disse Salles, confirmando que está sendo definida, com participação da Codevasf, através do Projeto Rota das Frutas, a construção de uma unidade processadora para produzir polpa de abacaxi. “Nosso objetivo é estruturar a cadeia, agregando valor à produção, gerando empregos e renda e melhores condições de vida para os produtores”, disse o secretário, que também visitou a feira da cidade.

Copa do Abacaxi

“Eventos como esse engrandecem a cultura que é a base econômica do município”, disse Eduardo Salles, parabenizando os organizadores da Copa do Abacaxi, disputada por 46 equipes de municípios da região, e que teve a grande final entre os time de Umburanas e Laje do Batata, distrito de Jacobina. O troféu de campeão ficou com Laje do Batata, que venceu o jogo por 2 a 0.

Ele destacou que “ao longo da nossa gestão procuramos incentivar os municípios que tem na sua base de produção um produto agropecuário, a criar seminários, festas, torneios esportivos e eventos culturais baseados neste produto, dentro do calendário oficial do município”. Isso permite, disse ele, a difusão de tecnologia e a divulgação do município, funcionando como motivador de orgulho nas populações locais pelo destaque na produção daquele determinado produto.

Ele lembrou que festas e festivais como do morango, da cachaça, do café, do chocolate, do alho, da cebola e do abacaxi, dentre outros, acontecem em municípios de todo o Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113853 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]