Deputado Carlos Gaban pede vista e votação de proposta de antecipação dos recursos dos royalties do petróleo para o Governo da Bahia

Carlos Gaban: “A gente começa o ano mal. Não vejo o porquê de o líder do governo usar o maior jornal de circulação em nosso estado para falar inverdades.".
Carlos Gaban: “A gente começa o ano mal. Não vejo o porquê de o líder do governo usar o maior jornal de circulação em nosso estado para falar inverdades.".

As declarações dadas pelo líder do governo na Assembleia Legislativa à imprensa local foram duramente criticadas pelo deputado Carlos Gaban (DEM) na primeira sessão plenário do ano, nesta quinta-feira 2, que teve como pauta a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 4830/2013. De autoria do governo, a proposta autoriza o uso de recursos dos royalties de petróleo para cobrir o rombo de R$1,6 bilhão da previdência estadual. O democrata pediu vista e a votação foi adiada para a próxima terça-feira (07/01/2014).

Para Gaban, o deputado Zé Neto (PT) tenta “rasgar o que está escrito e registrado nas memórias do nosso Estado” através de declarações mentirosas. Ele lembrou que, diferentemente do que disse o líder do governo, quem pegou R$ 400 milhões antecipado da Caixa Econômica foi o ex-governador César Borges, que atualmente faz parte da base do governo petista, e quem pagou foi o ex-governador Paulo Souto. Além disso, lembrou que Souto foi elogiado quando, no último ano de seu governo, colocou R$ 450 milhões para capitalizar o Fundo de Previdência (Fundprev).

Gaban rebateu declarações do deputado Zé Neto, publicadas em matéria do A Tarde, na qual o petista atribui a culpa pelo rombo na previdência do Estado ao ex-governador Paulo Souto. Faltando com a verdade, Neto disse que o antigo gestor não colocou o dinheiro que deveria no Funprev, e que pegou R$ 400 milhões da Caixa Econômica, ato este realizado por César Borges.

“A gente começa o ano mal. Não vejo o porquê de o líder do governo usar o maior jornal de circulação em nosso estado para falar inverdades. Será que é memória curta? Não tem como querer discutir com a oposição desta forma”, disse Gaban.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120515 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.