Deputado Carlos Gaban ingressa com representação no MP contra dispensa de licitação para construção de presídios

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Carlos Gaban: “Agora, no último ano de governo, se faz uma dispensa de licitação de quase R$ 151 milhões para contratar uma empresa de Porto Alegre, por que, para o PT, a Bahia não tem empresa capacitada para construir presídios.".
Carlos Gaban: “Agora, no último ano de governo, se faz uma dispensa de licitação de quase R$ 151 milhões para contratar uma empresa de Porto Alegre, por que, para o PT, a Bahia não tem empresa capacitada para construir presídios.".
Carlos Gaban: “Agora, no último ano de governo, se faz uma dispensa de licitação de quase R$ 151 milhões para contratar uma empresa de Porto Alegre, por que, para o PT, a Bahia não tem empresa capacitada para construir presídios.".
Carlos Gaban: “Agora, no último ano de governo, se faz uma dispensa de licitação de quase R$ 151 milhões para contratar uma empresa de Porto Alegre, por que, para o PT, a Bahia não tem empresa capacitada para construir presídios.”.

O líder do Democratas na Assembleia Legislativa, deputado Carlos Gaban, declarou na sessão desta segunda-feira (20/01/2014), que ingressará com uma representação junto ao Ministério Público (MP) contra a dispensa de licitação, no valor de mais de R$150 milhões, solicitada pelo Governo do Estado para a contratação de empresa responsável por reformas e construções de presídios no estado.

“Agora, no último ano de governo, se faz uma dispensa de licitação de quase R$ 151 milhões para contratar uma empresa de Porto Alegre, por que, para o PT, a Bahia não tem empresa capacitada para construir presídios. Enquanto empresas baianas fazem grandes obras em outros países, o secretário Nestor Duarte diz que no Brasil só tem uma empresa com tecnologia para isso!”, criticou Gaban.

Em agosto do ano passado, o parlamentar denunciou que o governo sumiu com verbas para a construção de presídios em Barreiras, Vitória da Conquista e Feira de Santana. O democrata acusou o Governo do Estado de receber cerca de R$ 40,6 milhões da União para a construção dos três complexos prisionais, não executar os projetos e perder os prazos para a aplicação dos recursos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112929 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]