Comunidades rurais de 34 municípios do Médio São Francisco baiano serão beneficiadas com perfuração e instalação de poços tubulares

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Comunidades rurais são beneficiadas com ampliação do acesso a água.
Comunidades rurais são beneficiadas com ampliação do acesso a água.
Comunidades rurais são beneficiadas com ampliação do acesso a água.
Comunidades rurais são beneficiadas com ampliação do acesso a água.

Comunidades rurais de 34 municípios do Médio São Francisco baiano terão o acesso a água facilitado com a perfuração e instalação de 187 poços tubulares. Os municípios estão localizados na área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), sediada em Bom Jesus da Lapa (BA). O investimento na ação é de R$ 10,9 milhões.

“Em função da grande estiagem que o Nordeste tem enfrentado, as comunidades rurais têm passado grande dificuldade por causa da falta de água. Por se tratar de água bruta, sem tratamento, não recomendamos para o consumo humano. No entanto, em campo, temos comprovado o sofrimento das famílias por não ter água para dar nem aos animais e para a utilização em outras necessidades básicas, como tomar banho ou lavar roupa. Por isso, a Codevasf tem procurado resolver essa situação através da perfuração de poços tubulares”, diz o geólogo e analista da 2ª Superintendência Regional Manoel Queiroz.

Os municípios que serão beneficiados com a perfuração e instalação de poços tubulares são: Angical, Barra do Mendes, Barro Alto, Bom Jesus da Lapa, Cafarnaum, Canarana, Candiba, Carinhanha, Central, Cocos, Coribe, Cotegipe, Feira da Mata, Guanambi, Ibipeba, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Irecê, Itaguaçu da Bahia, Iuiu, João Dourado, Jussara, Lapão, Macaúbas, Malhada, Mortugaba, Mulungu do Morro, Paratinga, Santa Maria da Vitória, São Gabriel, Serra do Ramalho, Sítio do Mato e Xique-Xique.

“Na circunscrição da 2ª Superintendência Regional, encontramos aquíferos do tipo cársticos (calcários), fissural (cristalinos) e sedimentares. Nos cársticos, a água se acumula em função da dissolução do calcário. Nos fissurais, a água é transportada através de fraturas ou fendas nas rochas. E nos sedimentares, o transporte dessa água ocorre através dos poros ou interstícios da rocha ou sedimento”, diz Manoel Queiroz.

Moradora da comunidade de Assentamento Curral das Varges, em Bom Jesus da Lapa, que deverá ser beneficiada com a perfuração e instalação de um desses poços, Edsanta dos Santos, mais conhecida como Santinha, comemora a conquista. “Nós pedimos tanto a Deus por isso, que agora estamos com uma alegria muito grande por causa dessa notícia. É tanto sofrimento que a gente passa por causa da falta da água nessa seca, tendo que depender de um ou outro carro-pipa que trazem para cá, e agora vai servir para o gado, para os cavalos, para banho, para usar dentro de casa, para tudo. Vai ajudar demais às nossas 155 famílias que vivem aqui”, diz a moradora.

Em 2013, na área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, foram perfurados outros 170 poços tubulares, que ainda estão sendo instalados, com recursos oriundos de emendas parlamentares e do programa Água para Todos, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MI) e executado pela Codevasf em sua área de atuação.

 

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121606 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.