ABAV apoia revitalização do Comércio de Salvador e quer liderar movimento para a instalação de agências de viagens no bairro

Vista aérea de Salvador. No segundo plano a zona no comércio.
Vista aérea de Salvador. No segundo plano a zona no comércio.
Vista aérea de Salvador. No segundo plano a zona no comércio.
Vista aérea de Salvador. No segundo plano a zona no comércio.

A Associação Brasileira das Agências de Viagens da Bahia (ABAV-BA) está disposta a liderar um movimento que promova a migração de entidades empresariais do trade turístico e das próprias agências de viagens para o bairro do Comércio, contribuindo, assim, com o processo de revitalização do Centro Antigo de Salvador.

“Já cogitei algumas vezes a possibilidade de instalar a minha agência, a Salvatur, no Comércio, e também já houve proposta de transferência da sede da ABAV-BA para o bairro”, afirma o presidente da entidade, José Alves, diretor geral da Salvatur. Ele confirma que essa mudança é perfeitamente possível, mas alerta que o poder público precisa fazer o que lhe cabe para melhorar a infraestrutura da região, além de ampliar os incentivos fiscais, com redução do Imposto sobre Serviços (ISS) para empresas de vários setores da economia.

Incentivos fiscais

De janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2012, a Prefeitura de Salvador concedeu incentivos fiscais, com redução do Imposto sobre Serviços (ISS), para empresas interessadas em se instalar no Comércio, o que motivou a abertura de faculdades, call centeres, restaurantes, cafés, lojas de modas, dentre outras. O presidente da ABAV-BA defende o retorno desses incentivos para empresas do setor de turismo. “Esse seria um atrativo a mais para as agências”, diz.

O presidente da Associação dos Empresários do Comércio (AECOM), Manoel Castro, acha excelente a iniciativa da ABAV de liderar apoiar a revitalização do bairro. “Seria excelente ter a ABAV no Comércio, outras entidades do trade turístico e agências de viagens. Nós vamos, juntos, levantar essa bandeira”, afirma.

José Alves lembra que o Centro da cidade de São Paulo abriga as principais agências de viagens do país, além de companhias áreas, locadoras de veículos e outras empresas do setor. “Se houvesse essa migração em Salvador, as empresas do trade acabariam fortalecendo o comércio da região, atraindo novos restaurantes, cafés, lojas de moda, decoração etc”. O aumento da circulação de pessoas movimentaria a economia, atraindo novos investimentos.

O presidente da ABAV-BA é defensor entusiasmado dos projetos de reabilitação do Centro Antigo, que não compreende apenas o Centro Histórico, mas trata-se de uma região com 11 bairros e sete quilômetros quadrados, incluindo o Centro, Barris, Nazaré, Tororó, Saúde, Comércio, dentre outros. “Fico muito feliz com essa notícia. Salvador precisa valorizar uma região que é importante não apenas para os turistas, mas para nós baianos, que em geral não aproveitamos o que há de melhor em nossa cidade”, diz.

Preservar o centro tradicional, melhorando a infraestrutura e a oferta de serviços é fundamental para o setor de turismo. José Alves ressalta que cidades como Madri, Barcelona, Buenos Aires e Lisboa, que fizeram essa lição de casa, valorizando o Centro Histórico, melhoraram e muito a receita com o turismo.

“As melhores praias estão localizadas na Cidade Baixa, na região do Centro Antigo. Precisamos preservá-las, a Península Itapagipana é maravilhosa, mas está muito degradada”, comenta. Ele diz com propriedade que falta apenas investimento em infraestrutura e serviços para que a Cidade Baixa, com a visão da Baía de Todos os Santos, nos coloque no mesmo patamar de beleza que o Principado do Mônaco.

SOBRE A ABAV

Entidade empresarial sem fins lucrativos, a Associação Brasileira de Agências de Viagens da Bahia (ABAV- BA) foi criada em 16 de fevereiro de 1973, com o propósito de congregar e representar seus associados, defendendo os legítimos interesses não apenas dos agentes de viagens, mas da indústria do turismo como um todo, colaborando com os poderes públicos no estudo e solução dos problemas do setor e fomentando o desenvolvimento do turismo nacional, em todas as suas manifestações. Atualmente, conta com 283 empresas associadas, entre agências de viagens e operadoras de turismo do Estado da Bahia. A nova diretoria, o conselho e o atual presidente, José Alves (diretor geral da Salvatur), foram empossados dia 01 de agosto, para o biênio 2013/2015.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120697 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.