Superior Tribunal de Justiça mantém liminar contra aumento do IPTU em São Paulo

Ministro Felix Fischer manteve decisão liminar.
Ministro Felix Fischer manteve decisão liminar.
Ministro Felix Fischer manteve decisão liminar.
Ministro Felix Fischer manteve decisão liminar.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer, negou no início da tarde desta quarta-feira (18/12/2013) a suspensão de liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) para impedir o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) na capital paulista.

A prefeitura argumentava que a liminar causaria graves danos à economia e à ordem pública. O prejuízo aos cofres municipais chegaria a R$ 800 milhões no primeiro ano e somaria até R$ 4,2 bilhões de perdas em repasses federais, estaduais e operações de crédito.

Além disso, para o município, o TJSP teria contrariado a lei ao não permitir que seus procuradores fizessem sustentação oral na sessão que concedeu a liminar. A liminar impediria o município de atualizar para valores de mercado a base de cálculo do imposto, a qual, segundo a prefeitura, não poderia ficar atrelada apenas à variação da inflação ou do Produto Interno Bruto (PIB).

Pedido incabível

O ministro Fischer esclareceu, porém, que a concessão de medida cautelar contra o poder público em caso de ação direta de inconstitucionalidade (ADIn) não é regulada pela Lei 8.437/92, que admite o pedido de suspensão.

Conforme o presidente, essa lei só é aplicável nas hipóteses de processos que tratam de interesses individuais. Mas a ADIn contra a lei municipal, em trâmite no TJSP, visa defender o sistema constitucional.

Por isso, para o ministro Felix Fischer, o pedido de suspensão – como o apresentado pelo município – não é o meio adequado para combater os efeitos de liminar concedida em casos de controle concentrado de constitucionalidade.

STF

Ele ressaltou ainda que, mesmo que se considerasse cabível o pedido – o que já ocorreu em decisões isoladas e minoritárias do Supremo Tribunal Federal (STF) –, a competência para apreciá-lo seria da corte constitucional.

Isso porque a competência para apreciar os pedidos de suspensão de liminar e de sentença é do tribunal competente para analisar eventual recurso cabível da decisão. No caso, contra a decisão do TJSP caberia recurso extraordinário, a ser julgado pelo STF.

Leia +

Salvador – Aumento do IPTU | Secretário municipal José Carlos Aleluia acusa presidente da OAB-Bahia de estar a serviço do PT

Deputado federal Nelson Pelegrino rechaça aprovação do IPTU e criação de 67 cargos comissionados por parte da Prefeitura

Em defesa do aumento do IPTU de Salvador, Leur Lomanto Jr. diz que petistas não assimilaram derrota de 2012

IPTU só pode ser aumentado por lei, decide Supremo Tribunal Federal

Irregularidades no aumento do IPTU de Salvador levam sociedade a propor ações judiciais

OAB decide ingressar com ADIN contra aumento do IPTU em municípios baianos

PSOL aciona justiça contra reajuste do IPTU em Salvador

PT entra com ação contra IPTU de Salvador e diz que aumentos chegam a 1.000%

Salvador – Aumento do IPTU | Dirigentes do DEM e PMDB dizem que deputado Nelson Pelegrino representa especuladores, e esquecem de atacar OAB

Salvador – Aumento do IPTU | Partidos da base do prefeito ACM Neto defendem aumento e atacam oposição

Salvador – Aumento do IPTU | “OAB sempre defenderá a Constituição e a sociedade”, a frase é uma dura crítica a administração do prefeito ACM Neto

Salvador | Deputado Nelson Pelegrino defende legitimidade da ação da OAB contra aumento do IPTU proposto pelo prefeito ACM Neto

Salvador | Líder do DEM na Câmara Municipal, Leo Prates defende aumento de IPTU e ataca PT

Salvador | Prefeito ACM Neto enfrenta mais duas ações propostas pela FEMICRO e ABRASEL contra aumento do IPTU

Salvador | Vereador Hilton Coelho diz que administração de ACM Neto aprofunda a exclusão e reajuste do IPTU é mais uma de suas ações nefastas

O IPTU e o cidadão | Por Antonio Pessoa Cardoso

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]