Ministra do STJ Eliana Calmon bateu meta de julgamento de ações de improbidade

Eliana Calmon julgou todos os processos sobre o tema atribuídos à sua relatoria até 2011.
ministra julgou todos os processos sobre o tema atribuídos à sua relatoria até 2011.

A ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), cumpriu a meta estabelecida para julgamento de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública. Isso significa que a ministra julgou todos os processos sobre o tema atribuídos à sua relatoria até 2011.

A Meta 18 foi estabelecida por presidentes e representantes de todos os tribunais brasileiros no final de 2012, no VI Encontro Nacional do Poder Judiciário, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O objetivo da meta é combater a corrupção, com o julgamento, até o final deste ano, de todos os casos de improbidade e crimes contra a administração pública distribuídos até 31 de dezembro de 2011.

Segundo dados do CNJ, a média geral de cumprimento da meta no Poder Judiciário até agora é de 53,67%. O Tribunal de Justiça do Piauí aparece em pior colocação, com apenas 6,92% dessas ações julgadas. O tribunal com melhor desempenho é o Tribunal de Justiça do Amapá, que alcançou 97,09% da meta.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108659 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]