Índice de desemprego em Feira de Santana preocupa vereadora

Eremita Mota de Araújo: “O bairro do Caseb todo precisa da ajuda do poder público, não tem uma iluminação adequada nem um calçamento bom e, devido a essa situação, várias pessoas já quebraram os pés”
Eremita Mota de Araújo: “O bairro do Caseb todo precisa da ajuda do poder público, não tem uma iluminação adequada nem um calçamento bom e, devido a essa situação, várias pessoas já quebraram os pés”

A vereadora Eremita Mota (PDT), em discurso na tribuna da Casa Legislativa, esta semana, externou sua preocupação com a questão do desemprego em Feira de Santana. Ela defende a instalação de novas indústrias para reverter o problema.

Eremita observa que o desemprego abrange não apenas as pessoas mais humildes e menos qualificadas. “O desemprego também abrange quem tem nível superior, pós-graduação, entre outros, e essas pessoas ficam atrás de político batalhando, tentando conseguir uma vaga na sua profissão”.

Ela disse que vem pesquisando há algum tempo e concluiu que Feira de Santana é uma cidade que tem crescido muito em termos populacionais, mas é deficiente no atendimento das necessidades dos moradores, como emprego, por exemplo.

A vereadora diz que as pessoas que estão envolvidas na política são as que mais percebem esse índice de desemprego e salientou que não existe em Feira de Santana uma quantidade expressiva de indústrias, como há em cidades menores, a exemplo de Alagoinhas.

Eremita disse que, de acordo com a avaliação do diretor do Portal da Bahia Econômica, “a indústria na Bahia está se desenvolvendo bem e que o Polo Industrial de Camaçari está se revigorando e sendo ampliado com a vinda de novas empresas. Falou também que o crescimento da economia baiana passa pelo crescimento do Polo, que está com novas rotas, recebendo novas empresas”.

Em sua opinião, as declarações do referido diretor não condizem com a realidade de Feira de Santana. Ela afirmou que no município “tem indústria parando, greves, não se vê o crescimento industrial”.

A vereadora disse que perguntou ao líder do governo Carlito do Peixe (DEM) se Feira de Santana tem alguma perspectiva de crescimento na área industrial. Segundo ela, Carlito respondeu que há uma grande proposta para o próximo ano. Eremita afirmou que vai se informar melhor sobre esse assunto.

Na oportunidade, a edil ressaltou que está acontecendo um evento com o objetivo de debater a questão do desenvolvimento industrial baiano. Eremita prometeu acompanhar o debate, principalmente para saber se Feira de Santana será contemplada na área industrial.

Em aparte, o vereador Welligton Andrade (PTN) salientou que, com muita frequência,  as pessoas procuram os vereadores em busca de emprego. Ele disse que os edis não têm condições de atender essas solicitações. Em seu entendimento, a cidade precisa urgentemente de um plano diretor. “Temos que pensar grande, temos que pensar em um plano diretor que possibilite a vinda dessas empresas”, pontuou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114894 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.