Jaques Wagner escolhe Rui Costa como candidato do PT para o governo da Bahia em 2014

Em posse de dirigentes do PT na Bahia, Rui Costa é reafirmado pré-candidato a governador pelo partido em 2014.
Em posse de dirigentes do PT na Bahia, Rui Costa é reafirmado pré-candidato a governador pelo partido em 2014.
Rui Costa recebeu apoio decisivo do governador Jaques Wagner.
Rui Costa recebeu apoio decisivo do governador Jaques Wagner.
Em posse de dirigentes do PT na Bahia, Rui Costa é reafirmado pré-candidato a governador pelo partido em 2014.
Em posse de dirigentes do PT na Bahia, Rui Costa é reafirmado pré-candidato a governador pelo partido em 2014.

Militantes, líderes políticos, secretários de Estado e movimentos sociais vindos de todos os territórios de identidade da Bahia lotaram o Salão Lótus, no Hotel Fiesta, em Salvador, na manhã deste sábado (30/11/2013), quando o Partido dos Trabalhadores deu posse a todos os presidentes municipais e ao presidente estadual da legenda, Everaldo Anunciação, e refirmou a escolha do secretário-chefe da Casa Civil, Rui Costa, como o nome do PT para concorrer ao governo do Estado nas eleições de 2014. A decisão havia sido tomada pelo diretório do PT baiano em encontro na tarde da sexta-feira (29).

“Vamos continuar lutando, com união, para construir um PT ainda mais forte. Os interesses coletivos têm que estar sempre acima dos interesses individuais. E tenho certeza que não serei presidente de partido de oposição, mas de governo” declarou Everaldo Anunciação, que substitui Jonas Paulo Neri. Jonas estava à frente do Diretório Estadual desde abril de 2008.

“Saímos de 27 para 97 prefeitos na Bahia, de 187 para 527 vereadores, temos a maior bancada estadual, com 14 deputados, e a maior bancada federal, com 10 deputados. Há presença do PT nas 417 cidades baianas e somos o partido com maior credibilidade junto à população no Estado, com 33%, em primeiro lugar, estando o segundo colocado com 7%”, disse Jonas Paulo ao afirmar que a militância tem o que defender e que “sem dúvida, este governo é o que mais tem feito pela Bahia”

Rui Costa, governador

“Rui trabalhou conosco no nosso primeiro mandato, tendo sido secretário de Relações Institucionais, acumulou sendo deputado federal, é o atual secretário da Casa Civil e diria que, como candidato, tem muita consciência do que deve fazer diante das necessidades do Estado porque está a frente de ações prioritárias em nosso governo”, observou o governador Jaques Wagner ao afirmar que “a diversidade do PT é nossa maior riqueza e a nossa força é a nossa unidade”.

Sobre sua opção por Rui Costa, o governador disse que não se trata de excluir os demais. “Quem tem quatro, não tem nenhum. Precisávamos definir para fortalecer. Não há vitória de véspera. Tínhamos nomes fortes: Walter Pinheiro, que é um senador nota 10; Sérgio Gabrielli, que esteve por sete anos na Petrobrás tendo feito gestão destacada e é atual secretário estadual do Planejamento; Luiz Caetano, ex-prefeito de Camaçari, que mudou a cara daquela cidade; e Rui Costa. E eu não quero que ninguém abandone suas preferências, mas o sentimento de frustração pontual, e use sua energia para defender o projeto político”, observou o chefe do executivo estadual. Ele ainda deu um conselho a Rui Costa: “prepare as solas dos sapatos”.

“O governador Jaques Wagner pegou o carro com uma estrada bem esburacada, arrumou a estrada, e agora vamos poder acelerar no desenvolvimento. Estou neste projeto de corpo e alma”, disse o pré-candidato ao citar alguns feitos da atual gestão estadual, da qual faz parte, a exemplo de 120 mil casas populares; 3,5 milhões de pessoas passaram a ter acesso à água de qualidade; cinco novos hospitais; 7,5 mil quilômetros de estradas requalificadas; ampliação no número de vagas no ensino superior e na educação profissionalizante, dentre outros.

Para o deputado estadual Zé Neto (PT), presente no evento, este é um momento de fortalecimento do partido. “Decisão tomada. O pré-candidato é Rui Costa. É hora de pensarmos no projeto, acima de qualquer divergência menor, e avançarmos para continuar construindo a nova história do povo brasileiro, que evoluiu bastante nos últimos 10 anos com o PT à frente da gestão a nível nacional. Esse partido, hoje com 33 anos, tem condição, mais do que suficiente, de permanecer, no âmbito nacional, tocando as políticas que melhoraram a vida dos brasileiros como também aqui na Bahia dando sequência ao extraordinário trabalho realizado pelo governador Jaques Wagner e aliados”, disse o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114910 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.