Feliz Natal e Próspero 2014: o que deixamos para a humanidade

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jesus Cristo crucificado.
Jesus Cristo crucificado.

Jornal Grande Bahia compartilha os cartões de natal e próspero 2014, enviados por amigos, parceiros, colaboradores, pelos diversos setores da sociedade que aspiram os ideais de uma sociedade mais justa, democrática, plural e harmônica. Uma das melhores maneiras de fazermos isso é compartilhar os nossos sonhos e os gestos de generosidade que recebemos.

Feliz Natal e Próspero 2014!

Uma leitura do ‘Mito da caverna ou Alegoria da caverna’ 

Platão via os homens acorrentados em uma caverna, desde a infância, sem poder se levantar, andar ou mesmo voltar a cabeça. Por trás deles brilha uma luz… Na frente passam as sombras, que os homens tomam como seres reais… A caverna é o nosso planeta; as correntes são as paixões, as ações negativas dos humanos… As sombras, o mundo que tomamos como realidade. Quando a realidade está na luz, da qual só apreciamos apenas os reflexos… Quebrar as correntes e sair do antro tenebroso, voltar-se para a luz — e o ser humano se torna imortal pela beleza, justiça, bondade, e pelo respeito à dignidade humana, representada pela própria liberdade da consciência livre. Então o ser humano descobre a si mesmo, realiza-se. (PLATÃO, 2011, p. 78)

Neste natal, deixo com você esse pensamento platônico. Que 2014 seja o ano em que possamos alcançar a imortalidade pela beleza, justiça, bondade, e pelo respeito à dignidade humana, representada pela própria liberdade da consciência livre.

*A imagem de Jesus Cristo crucificado nos lembra a condenação de Platão pelo atenienses. Ambos, Platão e Cristo, trouxeram a luz para a humanidade através da sabedoria das palavras, e foram assassinados.

O que deixamos para a humanidade

“Tudo aquilo que não nos destrói, fortalece a nossa alma, enriquece a nossa mente e prepara o nosso corpo.

Inexoravelmente caminhamos para a morte. Portanto, não é o que conquistamos para nós mesmos que contará ao final. Mas, o que deixamos para a humanidade.

Plante árvores em sua jornada, e quando trilhar os caminhos por onde passou, colherá frutos para se alimentar, sombra para descansar e abrigo para se proteger.”

Carlos Augusto, diretor do Jornal Grande Bahia.

Confira os cartões de Feliz Natal e Próspero 2014

[wp-flowplus style=baseline]

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10027 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).