Escritor feirense recebe Prêmio Fama-2014

Wanuzia Peixoto, apresentadora Renata Mota e Alberto Peixoto.
Wanuzia Peixoto, Carol Nakamura Rede Globo e Alberto Peixoto
Wanuzia Peixoto, Carol Nakamura Rede Globo e Alberto Peixoto
Wanuzia Peixoto, apresentadora Renata Mota e Alberto Peixoto.
Wanuzia Peixoto, apresentadora Renata Mota e Alberto Peixoto.

O escritor feirense, Alberto Peixoto, recebeu na última sexta feira, 29.11.2013, no Hotel Fazenda Amoras em Santo Antonio de Jesus, o Prêmio Fama-2013 de melhor escritor. Entre tantas outras presenças ilustres, também fez parte da entrega dos prêmios Carol Nakamura, bailarina e assistente de palco do programa dominical da Rede Globo de Televisão, Domingão do Faustão e a charmosa apresentadora do evento Renata Mota que distribuiu simpatia pelo salão.

Abordado por nossa equipe, após receber o prêmio, o jovem senhor atendeu a nossa equipe jornalística concedendo a seguinte entrevista:

Lilia Bergemann: Qual a sensação de ser reconhecido pela quinta vez seguida?

Alberto Peixoto: Com certeza absoluta com muita emoção! Uma sensação incrível… Imensurável! Na verdade eu reconheço que sem o apoio dos que me incentivaram no início da minha carreira literária, não teria chegado a lugar nenhum, principalmente se não houvesse o apoio irrestrito da minha família.

L B: Para esclarecer ao público, o Prêmio Fama é idealizado por quem?

A P: O Prêmio Fama é uma iniciativa do Jornal Fama, Santo Antonio de Jesus/Ba, através do seu Diretor Abílio Neto.

L B: Quais serão os seus próximos passos na literatura? Conte-nos um pouco sobre o livro Dasdores a difícil vida fácil.

A P: Meus próximos passos na vida literária é continuar escrevendo não só livros, mas os artigos semanais para o Jornal Grande

Bahia, Blog foto&grafia, entre outros sites e dar continuidade ao próximo livro que deverá sair sob o título de: Quitéria e o bando de Cleonice.

Em Dasdores a difícil vida fácil, eu relato os problemas sociais do início do século XX, quando a mulher era vista simplesmente como um objeto – a rainha do lar – e que, acima de tudo, tinha que ser virgem, caso contrário era expulsa de casa pelo pai e tendo, desta forma, que enfrentar uma vida de prostituição. Escrevi Dasdores pensando nos sociólogos do futuro.

L B: Quitéria. Já existe previsão para o seu lançamento?

A P: Estou fazendo o possível para ver se consigo lançar na Feira do Livro 2014, evento promovido pela UEFS – Universidade estadual de Feira de Santana/Bahia – em setembro.

L B: Sucesso na sua carreira.

A P: Brigado.

POR: Lilia Bergemann

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Alberto Peixoto 488 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Dúvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozóide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua como incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: reyapeixoto@yahoo.com.br.