Deputado Luciano Simões acusa governo de aplicar calote em servidores contratados pelo Reda e PST’s

Luciano Simões: "Em um passado remoto, o deputado Zé Neto condenava os governos anteriores pelo uso dos PST's e dos Redas, agora o governo atual já gastou com Reda mais de um milhão de reais.".

Luciano Simões: “Em um passado remoto, o deputado Zé Neto condenava os governos anteriores pelo uso dos PST’s e dos Redas, agora o governo atual já gastou com Reda mais de um milhão de reais.”.

O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Simões, subiu à tribuna da Casa na tarde de hoje (26/12/2013), para chamar a atenção sobre o “calote” que os professores e outros funcionários contratados pelos regimes de Prestação Temporária de Serviço (PST) e Especial de Direito Administrativo (Reda) temem em sofrer do governo estadual.

De acordo com o parlamentar, professores contratados pela Secretaria de Educação do Estado (SEC) estão sem receber salários há pelo menos cinco meses. Os profissionais foram contratados para trabalhar dentro do PST, que não exige processo seletivo. “Em um passado remoto, o deputado Zé Neto condenava os governos anteriores pelo uso dos PST’s e dos Redas, agora o governo atual já gastou com Reda mais de um milhão de reais. O governo está sem rumo. Apregou um discurso e faz de forma diversa”, contestou Simões.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]

Be the first to comment on "Deputado Luciano Simões acusa governo de aplicar calote em servidores contratados pelo Reda e PST’s"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*