Deputado Carlos Geilson volta a cobrar pagamento da URV aos servidores públicos da Bahia e ações concretas no combate à violência

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Deputados Carlos Geilson e José Cerqueira Neto (Zé Neto) participam de debate. Oposição e liderança do Governo Wagner apresentam argumentos.
Deputados Carlos Geilson e José Cerqueira Neto (Zé Neto) participam de debate. Oposição e liderança do Governo Wagner apresentam argumentos.
Deputados Carlos Geilson e José Cerqueira Neto (Zé Neto) participam de debate. Oposição e liderança do Governo Wagner apresentam argumentos.
Deputados Carlos Geilson e José Cerqueira Neto (Zé Neto) participam de debate. Oposição e liderança do Governo Wagner apresentam argumentos.

Na tarde deste sábado, o deputado estadual Carlos Geilson (PTN), a convite do radialista Gerinaldo Costa, concedeu entrevista ao Programa Rádio Revista, na Rádio Povo 1210 AM. Na oportunidade, além prestar contas do seu mantado, o parlamentar debateu algumas questões políticas com o líder do governo, deputado Zé Neto (PT), que também foi convidado para o bate papo. Na contramão de alguns deputados, Carlos Geilson é um dos políticos mais assíduos nas sessões da Assembleia Legislativa da Bahia.  Geilson garante que as duas faltas que tem na Casa se devem a congestionamentos no trânsito, muitos deles agravados por conta da ineficiência do serviço da concessionária Via Bahia. “Mesmo morando em Feira, faço todo o esforço que posso para participar o máximo possível. Procuro ser um parlamentar muito assíduo, não só em estar presente, mas quanto no enfrentamento dos debates”, ressaltou.

Nos três anos de mandato, apesentou mais de 20 projetos de lei, com um aprovado. É autor do PL 19.731/2012 sancionado pelo governador Jaques Wagner, que se tornou a lei 12.803 de 27 de março 2013. A lei proíbe a utilização de aparelhos sonoros dentro dos ônibus sem a utilização dos fones de ouvido, os populares “DJs de ônibus”. O deputado participa das mais importantes comissões permanentes da Assembleia: É vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), é membro da Comissão de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Serviços Públicos e é o único homem a participar da Comissão Direitos da Mulher.

Debate

Carlos Geilson disse que embora faça parte da bancada de oposição, consegue se identificar com o deputado Zé Neto por conta do amor que ambos nutrem por Feira de Santana. “Nós, apesar de apresentarmos divergências no ponto de vista político, uma coisa não posso deixar de dizer, Zé Neto é um apaixonado por Feira de Santana, agora, na forma ideológica, eu discordo totalmente. Zé Neto se distanciou do povo que o elegeu e deu às costas especialmente ao servidor público”, disse. Assim como em seus pronunciamentos na ALBA, Geilson voltou a cobrar ao governo estadual o pagamento da Unidade Real de Valor (URV) para os funcionários públicos estaduais. O valor é referente às perdas salariais decorrentes da mudança do Cruzeiro Real para a URV, em 1994. “O servidor estava insatisfeito no governo passado, apostou em um sonho neste governo, que não se materializou e que na verdade, virou um pesadelo”, disparou.

Embasado em dados da Polícia Civil, Geilson ainda discorreu sobre o aumento da violência no estado. De acordo com o levantamento, Feira de Santana bateu recorde histórico em homicídios, no mês de fevereiro, com 62 assassinatos. Em fevereiro de 2011, foram registradas 16 mortes violentas. O deputado observou que a Bahia ocupou o quarto lugar em homicídios do Brasil em 2012, com 40,7 por 100 mil habitantes, bem acima da média nacional, que foi de 25,8. Em 2011, o estado registrou uma taxa de 38,7 homicídios por 100 mil habitantes e em 2010, a Bahia ocupava o 7º lugar em homicídios nessa mesma faixa de habitantes, segundo dados preliminares do Mapa da Violência de 2012. De acordo com a pesquisa encomendada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), o Brasil teve o maior número de assassinatos desde 2008.

“O governo da Bahia vem fazendo propagandas afirmando que a Bahia avançou no quesito Segurança Pública, mas estamos percebendo que o avanço foi ao contrário. O que de fato acontece nas ruas desse estado é que nós estamos perdendo a guerra para a violência. Este é o segundo estado da Federação em que mais se rouba carros”, afirmou o deputado estadual Carlos Geilson, que afirmou querer morar na Bahia inventada pela propaganda do governo.

Mandato Livre

O deputado Carlos Geilson falou também sobre a 3ª edição do Jornal Mandato Livre, o qual foi apresentado na noite desta sexta-feira (6), no Restaurante Coxilha, em Feira de Santana, com a presença de jornalistas, radialistas, blogueiros e amigos de Feira e toda região. O jornal é uma prestação de contas do mandato parlamentar do deputado estadual Carlos Geilson (PTN). Além de profissionais da comunicação, participaram da confraternização o prefeito do município, José Ronaldo (DEM), o presidente do PTN, Maurício de Tude, candidatos a deputado federal, diversos vereadores e lideranças políticas de Feira e região, que discursaram e também desejaram votos de prosperidade para o ano de 2014.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113537 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]