Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 9 de dezembro de 2013

O publicitário André Mascarenhas e sua tia Ada Mascarenhas Bahia.

O publicitário André Mascarenhas e sua tia Ada Mascarenhas Bahia.

Uefs e Canadá

Inter-relações, mobilidade estudantil e oportunidades no Canadá foram temas abordados durante o “2º Seminário de Pesquisas do Núcleo de Estudos Canadenses (NEC)” da Universidade Estadual de Feira de Santana, oportunidade em que o evento reuniu estudantes e professores quarta-feira última. A coordenadora de Intercâmbio da Assessoria Especial de Relações Institucionais (Aeri), Francisneide Albano, deu início à programação com considerações sobre o tema mobilidade acadêmica. “O século 21 requer dos profissionais competências interculturais e isso se torna possível através das experiências de intercâmbio. Hoje existem quatro programas pelos quais a Uefs promove a mobilidade estudantil”, ressaltou. Outro assunto abordado no evento foi a socialização das pesquisas desenvolvidas pelo NEC. Na oportunidade, o coordenador do Núcleo, professor Gilton Aragão, do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas (Dcis), compartilhou reflexões comparativas entre o Brasil e a Província do Quebec (Canadá), no que diz respeito a questões como o modelo sócio-econômico e respeito à diversidade cultural. O professor Humberto Oliveira, do Departamento de Letras e Artes (DLA), abordou, em palestra, o tema “Yves Thériault e a antevisão do multiculturalismo canadense na trilogia do A: Aaron, Agaguk e Ashini”.

Dilema jurídico

O empresário Armando Sampaio que voltou de Londres com o inglês rebuscado.

O empresário Armando Sampaio que voltou de Londres com o inglês rebuscado.

A Câmara de Feira de Santana vive um dilema quanto à atual Lei Orgânica do Município. Aprovada em 1990, logo após as Constituições Federal e Estadual, a Lei Orgânica Municipal passou por uma revisão que começou em 2003 e concluída em 2006, onde foi dada nova redação, através de emenda. Os vereadores da época não podiam fazer uma nova lei orgânica, mas apenas alterar dispositivos. Hoje o Legislativo vive um dilema jurídico. Blog Bahia na Politica com Jair Onofre.

Horário natalino

O prefeito José Ronaldo de Carvalho acaba de autorizar o funcionamento de estabelecimentos comerciais em horários excepcionais, por todo o mês natalino. O funcionamento do comércio foi acordado com o Sindicato do Comércio e o Sindicato dos Empregados no Comércio. A extensão do horário de funcionamento autorizado é o seguinte: Sábado, 7, até às 15 horas Domingo, 8, das 9 às 15 horas De segunda-feira, 9, a sexta-feira, 13, até às 19 horas Sábado, 14, até às 15 horas Domingo, 15, das 9 às 15 horas Se segunda-feira, 16, a sexta-feira, 20, até às 21 horas Sábado, 21, até às 18 horas Domingo, 22, das 9 às 17 horas Segunda-feira, 23, até às 21 horas Terça-feira, 24, até às 16 horas.

Faixa limita

Uma faixa amarela limita a área externa das barracas localizadas entre as praças Fróes da Motta e a da Bandeira. A Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico e o sindicato que representa os camelôs acordaram que os manequins, que já ocupavam considerável espaço de ambos os corredores, deveriam ser recolhidos para, assim, facilitar a circulação das pessoas. O ganho para os pedestres pode ser sentido sem muitas dificuldades.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos 

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Antonio José Larangeira
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]