Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 2 de dezembro de 2013

O delegado Madson Pereira de Almeida Sampaio, que substitui interinamente o delegado Ricardo Brito.
O delegado Madson Pereira de Almeida Sampaio, que substitui interinamente o delegado Ricardo Brito.
A matriarca e professora Amália Larangeira que completou noventa anos sábado último.
A matriarca e professora Amália Larangeira que completou noventa anos sábado último.

Biblioteca faz pesquisa

A Biblioteca Central Julieta Carteado, situada no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana, realiza até 30 de março de 2014 uma pesquisa com as comunidades acadêmica e externa para avaliar o grau de satisfação dos usuários quanto ao atendimento, acervo e serviços oferecidos. Para participar é preciso responder um questionário online com 15 perguntas disponível neste link. A pesquisa aborda também as condições dos ambientes de leitura e estudos, além do uso do hall da Biblioteca para atividades diversas. Os participantes poderão interagir com sugestões.

Matriarca Amália, 90 anos

Completou noventa anos de vida, sábado passado, a matriarca e professora Amália  Larangeira, que preferiu viajar e fugir das comemorações. Foi professora de Português no Instituto de Educação Gastão Guimarães e do Colégio Municipal Joselito Amorim, tendo se aposentado.   É mãe do advogado Carlos Augusto Larangeira, da delegada de Polícia Lícia Larangeira Alves e deste jornalista. Possui dez netos e quatro bisnetos. Na volta os filhos querem promover um almoço festivo.

O delegado Madson Pereira de Almeida Sampaio, que substitui interinamente o delegado Ricardo Brito.
O delegado Madson Pereira de Almeida Sampaio, que substitui interinamente o delegado Ricardo Brito.

Mesa Redonda

A exploração agropecuária e agroindustrial são alguns dos fatores que caracterizam a região oeste da Bahia como uma das que mais crescem economicamente no estado. A transformação do espaço agrário deste trecho foi abordada durante uma mesa-redonda do “1º Seminário do Grupo de Pesquisa Natureza, Sociedade e Ordenamento Territorial (Geonat)”, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). As reflexões foram trazidas pelo professor Clóvis Caribé, do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia (DCHF) da Uefs. De acordo com ele, a agricultura estava perdendo espaço para outras atividades econômicas e representava somente 1% do PIB baiano.  Durante a atividade, também foi lançado o livro “O Fenômeno da Desertificação”, do professor doutor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Flávio Rodrigues.

Vencedor do Vozes da Terra

Na noite de quinta-feira feira última, foram conhecidos os vencedores da 12ª edição do Festival Metropolitano de Música Vozes da Terra. A grande campeã foi Camila Gonçalves Pereira, premiada com R$ 5 mil defendendo a música “Sambar em vão”, levando para o palco do Centro de Cultura Amélio Amorim toda a ginga do estilo. Ela dividiu a premiação com Dayane Sampaio Duarte Guimarães, que conquistou o segundo lugar e o prêmio de R$ 3 mil com a canção romântica “Tu és a minha alma”, interpretada ao lado de Nívea Maria Vasconcelos. A irreverência garantiu o terceiro lugar e R$ 2 mil ao cordelista e poeta Franklin Maxado, após uma performance cheia de estilo, com a participação do ator Ruy Barcellos, em que apresentou o xaxado “O Nordeste agora vai”. Também foi premiada, com R$ 1 mil, a interpretação igualmente irreverente de Uyatã Rayra Lopes Ribeiro, que se vestiu de Maria Quitéria para defender “Floresta de Betume”.

Surpresa

Causou surpresa em Feira de Santana, a prisão pela Policia Federal do coordenador do Movimento Nacional pela Paz e criador das Passeatas pela Paz que hoje acontecem em todo o Brasil, o espírita feirense Clóvis Nunes acusado de fraude no programa de desarmamento. O mesmo é dirigente de uma Ong que participa desse programa e está sendo acusado de fazer guias de indenização para armas de fogo de fabricação caseira entregues pela população que em troca recebem valores que variam de R$ 150 a R$ 400, a depender do calibre.

Novo coordenador de Polícia

A partir de hoje, Feira de Santana tem um novo coordenador Regional de Polícia. O delegado Madson Pereira de Almeida Sampaio, que substitui interinamente o delegado Ricardo Brito, que vai entrar de férias na próxima semana.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos 

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Antonio José Larangeira 3309 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: ajlarangeira2@hotmail.com.