Vereador Edvaldo Lima pede o cancelamento do contrato da Câmara de Feira de Santana com o INET. Confira debates

Edvaldo Lima: “Essa empresa não tem condições nenhuma de realizar o concurso público desta Casa Legislativa”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Edvaldo Lima: “Essa empresa não tem condições nenhuma de realizar o concurso público desta Casa Legislativa”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Edvaldo Lima: “Essa empresa não tem condições nenhuma de realizar o concurso público desta Casa Legislativa”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Edvaldo Lima: “Essa empresa não tem condições nenhuma de realizar o concurso público desta Casa Legislativa”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

Cancelamento do contrato da Câmara com o INET 

O vereador Edvaldo Lima (PP), em discurso na sessão legislativa desta terça-feira (19/11/2013), pediu o cancelamento do contrato da Casa da Cidadania com o Instituto Nacional de Educação e Tecnologia Ltda – ME (INET), empresa que venceu a licitação na modalidade Pregão Presencial nº 03/2013, objetivando a contratação de instituição para organização e coordenação de processo de concurso público da Câmara Municipal de Feira de Santana.

Na oportunidade, ele parabenizou o vereador David Neto (PTN) pelas denúncias que este fez  contra o INET. Edvaldo Lima salientou que seu posicionamento não é contra o presidente do Legislativo feirense, Justiniano França (DEM).

“Conhecendo o perfil do presidente desta Casa, até que se prove o contrário, é um homem competente, responsável pelos seus atos, ético, mas eu não poderia deixar de externar a minha preocupação e pedir ao presidente que cancele esse contrato com essa empresa que irá realizar o concurso”, disse o vereador. Em sua opinião, outra instituição tem que ser contratada para organizar e coordenar o concurso público.

Edvaldo argumentou que o INET, logo no começo, cometeu um equívoco ao publicar o edital do concurso sem autorização da Câmara Municipal. “Essa empresa não tem condições nenhuma de realizar o concurso público desta Casa Legislativa”, observa.

Já o vereador Pablo Roberto (PT) afirmou que é “terminantemente favorável a realização do concurso público da Câmara Municipal de Feira de Santana”.

Denúncias de fraude no Minha Casa, Minha Vida ainda repercutem na Câmara 

A matéria do jornal Folha do Estado, intitulada “Fraude e favorecimento no Minha Casa, Minha Vida”, publicada no último dia 12, voltou a repercutir na Câmara Municipal. Segundo o texto jornalístico, existe em Feira de Santana um esquema de pagamento de R$ 3 mil para uma pessoa ser inclusa no referido programa habitacional. Na semana passada e na manhã desta terça-feira (19), o assunto foi tema de discursos de vários vereadores.

O vereador Edvaldo Lima (PP) afirmou, por exemplo, que as declarações do edil Isaías de Diogo (PPS) não agradaram os funcionários da Secretaria Municipal de Habitação, que, segundo Edvaldo, querem que Isaías se retrate publicamente.

Em aparte, o vereador David Neto (PTN) teceu elogios ao trabalho dos servidores da Secretaria de Habitação e afirmou o secretário Sandro Ricardo é um homem ético. “Eu acho que esse desgaste na Habitação deve vir de gestões anteriores. Na gestão anterior, botaram um secretário lá que trabalhava em benefício de um pré-candidato a vereador”, disse.

O edil Edvaldo Lima  disse que crê na lisura do secretário Sandro Ricardo e dos demais servidores da Secretaria de Habitação. “Se alguém pecou, não podemos atingir ou jogar pedra em todos os funcionários, secretário ou quem quer que seja. Nós temos que ter responsabilidade. Aquela Secretaria tem homens e mulheres de bem”, afirmou.

O vereador Isaías de Diogo declarou que entende a preocupação do edil Edvaldo Lima, até porque, segundo ele, o filho de Edvaldo é diretor da Secretaria de Habitação.

“Quando eu me referi à malandragem, à ganância que existe ou que possa existir lá dentro daquela Secretaria, eu não me referi às pessoas competentes, às pessoas daquela Casa que têm responsabilidade. A carapuça, vereador, só pega em quem é errado”, disse o edil.

Isaias fez questão de salientar que não foi ele que denunciou a existência de compra e venda de imóveis no Programa, Minha Casa, Minha Vida. Em sua opinião, estão tentando desviar o foco do problema.

“Quem pariu Mateus que balance. Se tem erro, tem que ser punido. E este vereador aqui vai cobrar, porque lugar de pilantragem, não de todos os servidores, mas de quem está fazendo, é na cadeia, porque não é justo pessoas que não têm condições de ter uma moradia, que moram debaixo de pontes e viadutos,  tenham que pagar R$ 3 mil para adquirir uma casa e a gente ficar aqui de braços cruzados”, pontuou.

Novamente com o uso da palavra, o vereador Edvaldo Lima disse que Isaías havia generalizado, mas agora mudou o discurso. “No primeiro momento que o senhor se pronunciou naquela sessão, o nobre vereador direcionou a todos; só tirou o secretário, mas agora o senhor foi coerente, colocando as palavras que deveriam ser colocadas”.

O vereador Eli Ribeiro (PRB) afirmou que o prefeito José Ronaldo e o secretário Sandro Ricardo são homens dignos de confiança. Com relação à declaração de Isaías, ele disse acreditar que o edil não quis denegrir a imagem de ninguém, mas salientou que não se pode generalizar, porque “em todas as áreas há problemas e pessoas com caráter e pessoas que não têm”.

Para o edil Pablo Roberto (PT), “o vereador Isaías de Diogo fez um posicionamento coerente no que diz respeito a ventilar  suspeitas sobre a Secretaria. Até que a investigação seja concluída, todos que trabalham naquela pasta são suspeitos, todos”, observa.

O petista disse que as denúncias de irregularidades no programa  Minha Casa, Minha Vida foram feitas com vídeo e áudio, “mas ninguém até o momento foi afastado nem exonerado. Outra coisa, quem responde pela  pasta é o secretário. Se ele não confia nas pessoas, se ele acha que as pessoas lá não têm capacidade,  que resolva junto ao seu chefe, que é o prefeito José Ronaldo”, argumentou.

Pablo destaca serviço de oncologia pediátrica no HEC 

O vereador Pablo Roberto (PT) ocupou a tribuna da Casa da Cidadania para destacar a implantação em Feira de Santana do Centro de Oncologia Pediátrica, inaugurado pelo secretário de Saúde do Estado a Bahia, Jorge Solla, na manhã desta terça-feira (19).

O serviço funciona no 5º andar do Hospital Estadual da Criança (HEC) e conta com 13 leitos para internação e 15 no setor de ambulatório para atendimento em quimioterapia. Os pacientes serão atendidos nas áreas de consultas, quimioterapia ambulatorial, internamentos, hemoterapia e investigação da doença. O setor também é equipado com jogos, televisão, livros e música para os pacientes de 0 a 15 anos.

Em aparte, o vereador Roque Pereira (PTN) teceu elogios ao Governo Estadual, em especial ao secretário de Saúde. “Quero agradecer, como servidor da saúde, ao secretário Jorge Solla, tão competente e que faz um trabalho excelente à frente da Sesab. Mais uma vez o Governo do Estado prestigia a nossa saúde em Feira de Santana”, afirmou.

Em consonância com o pronunciamento de Roque, o vereador José Carneiro (PSL) parabenizou a ação do Governo Estadual no HEC. “A implantação do serviço de oncologia infantil é muito importante para o povo de Feira de Santana. Neste momento, eu quero agradecer o Governo do Estado por estar vindo à Feira trazer um benefício que, sem dúvida, será bem vindo pelo povo da cidade”.

O vereador Beldes Ramos (PT) também observa que a implantação do Centro de Oncologia Pediátrica irá trazer melhorias para a saúde pública de Feira de Santana.

O líder do governo na Câmara, Carlito do Peixe (DEM), disse que, “apesar de o equipamento ser implantado com atraso, o Centro de Oncologia Pediátrica, sem dúvida nenhuma, é um grande serviço para Feira de Santana”.

Na oportunidade, o democrata pediu a bancada do PT que interviesse junto aos deputados petistas para que seja viabilizada, em tempo hábil, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que será integrada ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Pablo Roberto disse que em breve a UPA do HGCA será entregue. O vereador petista aproveitou o ensejo para cobrar também do prefeito José Ronaldo de Carvalho a UPA da Queimadinha, que é da responsabilidade do Governo Municipal.

Isaías de Diogo parabeniza jogadores da Copa dos Bairros 

Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, o vereador Isaías de Diogo (PPS), destacou o campeonato de futebol Copa dos Bairros, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

Isaias informou que o projeto desenvolvido no bairro Feira X é coordenado pelo professor de esporte Josevando Lessa, da Associação José Sarney, que tem como presidente a senhora Valdelice Souza Mota. Ele disse que, além do Feira X, o projeto contempla crianças dos bairros Pedra do Descanso, Vila Verde, Tamandari, São João do Cazumbá, Viveiros, Jardim Acácia, Chácara São Cosme e Três Riachos.

“A nossa felicidade é dizer que em meio às dificuldades e entre as lutas que a instituição enfrenta para agregar àqueles adolescentes e crianças no esporte, o projeto tem a finalidade de formar cidadãos de bem. Quero parabenizar o secretario e diretoria por esse belíssimo trabalho”, enfatizou Isaías.

O edil destacou os nomes dos atletas do Feira X e do Vila Verde que estão disputando a Copa dos Bairros: Gilvan Pinto Oliveira, Joellington Pinto de Jesus, Tiago dos Santos Bispo, Antônio Cesar de Oliveira Gonçalves, Mário Sérgio Torres Azevedo, Alanilson de Lima Santos Pires, Leandro Silva de Jesus, Rômulo do Nascimento Pereira, Valnei Santos Freitas, Gilmar dos Santos Ribeiro, Ítalo Silva Portela, Antônio Teixeira e Tiago da Silva Sena.

O edil citou também os nomes dos jogadores: Alexandre Ricardo da Silva Guimarães, Romeu Casais Uzeda Filho, Thomas da Silva Sena, Vilebaldo José de Souza, Anderson da Silva Lima, Diego das Neves Santos, Lealdo Costa da Cruz, Evaldo Nascimento Costa, Fernando Oliveira da Silva, David Anderson da Silva Lima, Vinícios Silva Neves e Thailson Oliveira dos Santos.

“Esta é a minha homenagem a todos do clube do Feira X, a todo o bairro e adjacências, porque em meio às dificuldades, vocês estão ali honrando a comunidade”, pontuou.

José Carneiro parabeniza presidente do STF por prisão dos mensaleiros 

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, o edil José Carneiro (PSL) teceu elogios ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, por este ter ordenado a prisão de 12 dos 25 condenados pelos escândalos de corrupção do mensalão.

“Parabéns ao Joaquim Barbosa por mandar para a cadeia àqueles que cometeram o maior crime neste país e que acreditavam na impunidade. Felizmente, a posição tomada pelo Tribunal Federal dá ao povo brasileiro, no mínimo, a confiança na Justiça deste país”, disse José Carneiro.

O vereador salientou que há muito tempo se escuta dizer que cadeia é apenas para “pobre e preto”.  Ele observa que “políticos, empresários, corruptos nunca imaginariam que seriam presos, porque infelizmente vivíamos em um país onde a lei era para quem não tinha dinheiro para pagar bons advogados”.

Carneiro disse que,  ao ler a revista Veja, observou algumas lamentações do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, que declarou ter se sentido abandonado pelos companheiros do PT, sobretudo pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff. “Não sei por que tanto tempo para punir esses corruptos que botaram a mão no dinheiro do povo, que desviaram milhões de reais e que infelizmente viviam neste país como qualquer cidadão de bem”, desabafou.

O edil ressaltou que a atitude do Poder Judiciário tem que ser para todos as pessoas que cometem atos ilícitos, independentemente de cor, raça e de posição política.

Na sequência, disse que o Partido dos Trabalhadores está desmoronado ao longo dos anos com as denúncias. José Carneiro acrescentou que o PT não é mais o mesmo, visto que “o partido deixou de defender o país”.

Em aparte, o vereador Alberto Nery (PT) disse que em todos os partidos há corruptos. “Existem pessoas que metem a mão no dinheiro público e isso é mostrado todos os dias nos meios de comunicação. O PT não deixou de defender a moralidade, as pessoas mais carentes nem o povo brasileiro. Os malfeitores do PT pagaram pelos seus erros”, comentou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108653 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]