Secretário Estadual da Agricultura, Eduardo Salles confirma pré-candidatura a deputado estadual e diz que feirense Jairo Carneiro deverá sucedê-lo

Eduardo Salles: "vou ser pré-candidato a deputado estadual, com a bandeira bem clara, a bandeira da agropecuária."
Eduardo Salles: “vou ser pré-candidato a deputado estadual, com a bandeira bem clara, a bandeira da agropecuária.”

O Secretário da Agricultura do Estado da Bahia, Eduardo Salles, revela que deixa o governo no próximo dia 31 de dezembro, e que pretende sair candidato a deputado estadual pelo Partido Progressista (PP). Salles entende que enfrentou nos últimos três anos um dos períodos mais críticos da agricultura baiana. Mesmo enfrentando dificuldades, avalia positivamente o período em que esteve à frente da pasta, e diz que o nome mais cotado para sucedê-lo é o do feirense Jairo Carneiro, atual chefe de gabinete.

Eduardo Salles concedeu entrevista exclusiva ao jornalista Carlos Augusto, na segunda-feira (26/11/2013), em Salvador, durante evento PP. Oportunidade em que o deputado federal João Leão assumiu a presidência estadual do partido, sucedendo o deputado federal Mário Negromonte.

Confira a entrevista

Jornal Grande Bahia – Estamos encerrando um período de mandato do governador Jaques Wagner, e existem rumores a respeito da sua saída do governo para uma candidatura. Como é que o senhor avalia isto?

Eduardo Sales – É verdade. Eu acho que na vida da gente tem missões a serem cumpridas, e durante esses três anos e meio à frente da secretaria de agricultura, passei pelos três anos mais difíceis, talvez, da agropecuária, em função da seca que atinge todo o território baiano. Eu acho que Deus coloca a gente nos lugares certos, em alguns momentos de dificuldade, mas é para testar a gente, então eu tenho certeza que esses três anos e meio estando secretário da agricultura, na condição de engenheiro agrônomo, como uma pessoa do setor, com 20 anos dedicados ao setor agropecuário, passamos momentos muitos difíceis. Mais eu acho que saio da secretaria com a sensação de dever cumprido, de mesmo no momento mais difícil, como este da agropecuária, a gente ter feito o que era possível, dentro do setor.

O governador sinalizou que todos os secretários que são pré-candidatos a algum cargo eletivo saiam das secretarias. E eu saio dia 31 de dezembro, vou ser pré-candidato a deputado estadual, com a bandeira bem clara, a bandeira da agropecuária, a bandeira do homem do campo. Na minha visão, a gente vê na assembleia legislativa os 63 deputados, muitos deputados que defendem a bandeira dos rodoviários, a bandeira dos petroleiros, a bandeira dos eletricitários, e nós, na minha visão, precisamos ter algum deputado que tenha exclusivamente uma bandeira que é a bandeira da agropecuária, a bandeira do homem do campo, e é isso que eu me proponho. Como uma pessoa que entende que tem 20 anos de atuação.

Fui presidente de associações de produtores por muitas vezes, e tenho uma vivência grande. Eu acho que eu posso ajudar agora como foi secretário. Dei minha contribuição como secretário, e acho que agora eu vou poder dar a minha contribuição, se Deus quiser, sendo eleito deputado estadual nessa caminhada.

JGB – Com relação à sua substituição. Atualmente é um feirense que ocupa a chefia de gabinete. Esse nome tem sido muito ventilado nos bastidores, e que ele seria o seu possível sucessor. O que é que se tem de concreto com relação a isto?

Eduardo Sales – Na verdade é a executivo do partido é que decide. Mas, Jairo Carneiro é uma pessoa que já foi deputado federal por cinco vezes, já foi secretário da Casa Civil do Governo do Estado da Bahia, tem toda uma história de conhecimento da Bahia. Ele é a pessoa que tem “segurado as pontas” no dia a dia da secretaria. Porque eu vivo no interior, já rodei quase 300 municípios nesses três anos e meio, e estou mais no interior vendo as dificuldades. Eu digo, todo dia, que o lugar do secretário de agricultura é no campo, decididamente não é no ar condicionado em Salvador. Então eu tenho rodado muito pra ver as dificuldades do produtor e buscar as soluções, e Jairo Carneiro tem sido essa pessoa, que tem segurado, que tem sido âncora da secretaria no dia a dia. Então eu acho que a tendência é que ele assuma a secretaria. Mas isso é decidido pela executiva do partido, vamos aguardar a minha saída e vê se vai se efetivar isso ai.

JGB – O Jornal Grande Bahia lhe agradece pela entrevista.

Eduardo Sales – Obrigado ao jornal, que sempre teve conosco uma relação ao longo desses três anos e seis meses. Eu acredito que, não só de um jornalista com um secretário, mas de uma amizade que tenho certeza vai perpetuar no futuro.

Confira o áudio da entrevista

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9156 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).