Moradores da Rua Santiago apelam ao presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana e ao Líder do Governo para solucionar problema de ‘construção indevida’

Moradores da Rua Santiago entregam reivindicação a Justiniano França, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana; e a Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe, DEM), Líder do Governo.
Moradores da Rua Santiago entregam reivindicação a Justiniano França, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana; e a Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe, DEM), Líder do Governo.
Moradores da Rua Santiago entregam reivindicação a Justiniano França, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana; e Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe, DEM), Líder do Governo.
Moradores da Rua Santiago entregam reivindicação a Justiniano França, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana; e a Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe, DEM), Líder do Governo.
Moradores da Rua Santiago, e o representante do grupo Thales Borges Rodrigues Lima entregam reivindicação ao vereador Justiniano França. Eles destacaram que a comunidade rejeita a construção de estabelecimento comercial pelas limitações de acessibilidade.
Moradores da Rua Santiago, e o representante do grupo Thales Borges Rodrigues Lima entregam reivindicação ao vereador Justiniano França. Eles destacaram que a comunidade rejeita a construção de estabelecimento comercial pela limitação de acessibilidade.

Na manhã de segunda-feira (04/11/2013), moradores da Rua Santiago mantiveram reunião com Justiniano França, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana; e com Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe, DEM), Líder do Governo. O objetivo do encontro foi apresentar abaixo-assinado e documento elaborado pela comunidade em protesto pela construção da escola Lírio dos Vales, estabelecimento comercial localizado em rua residencial sem saída, com caixa de sete metros. Na avaliação do líder do grupo Thales Borges Rodrigues Lima a construção e funcionamento do estabelecimento compromete a acessibilidade e o direito histórico ao lugar, em decorrência do significativo aumento de veículos na via.

Os moradores entendem que se tiverem o apoio da câmara de vereadores será mais fácil reverter o caso, pois é “notória a falta de infraestrutura” adequada a atividade comercial. “A Rua Santiago não tem saída, não tem hidrantes, não tem estrutura nenhuma para ser construído um colégio, é muita irresponsabilidade dos órgãos competentes permitir a construção naquele lugar”, desabafa Francisco Ferreira.

Os vereadores Justiniano França e Carlito do Peixe prometeram uma atenção especial ao problema, e se comprometeram em visitar o prefeito José Ronaldo, apresentando a demanda da comunidade. Também se comprometeram em manter contato com o Ministério Público Estadual para avaliar a posição do órgão. Os vereadores destacaram que a construções de estabelecimento comercial não pode ser realizada em via residencial, de forma a prejudicar a vida da comunidade.

“Para a escola ser construída deve ter tido uma autorização da prefeitura. Os moradores colocam algo que é inviável em relação ao tamanho da rua, iremos tomar conhecimento da situação para dar um posicionamento aos moradores de tudo que está acontecendo.”, finaliza Justiniano.

Leia +

Feira de Santana: moradores da Rua Santiago estão indignados com construção do Colégio Lírios dos Vales

Feira de Santana: sem planejamento urbano e fiscalização adequada município está sujeito a esdrúxulas ideias e conflito comunitário

Feira de Santana: moradores da Rua Santiago reivindicam direito histórico ao lugar e criticam construção de escola em rua sem saída

Entrevista: Líder do governo na Câmara de Feira de Santana, Carlito do Peixe diz que secretário deve ter ação enérgica na fiscalização

Moradores da Rua Santiago apelam ao presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana e ao Líder do Governo para solucionar problema de ‘construção indevida’

Feira de Santana: moradores da Rua Santiago ingressam com representação no INEMA, e SEDUR é notificada pelo Ministério Público sobre construção de escola

Feira de Santana: localizada na Rua Santiago, construção da escola Lírio dos Vales é defendida pela direção da empresa

Feira de Santana: construção da Escola Lírio dos Vales está com alvará suspenso, afirma secretário Pinheiro

**Reportagem: Nayara Nayllane | Edição: Carlos Augusto

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108822 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]