Irecê: Estudos de viabilidade para revitalização do Rio Jacaré foram iniciados

Estudos de viabilidade para revitalização do Rio Jacaré foram iniciados.
Estudos de viabilidade para revitalização do Rio Jacaré foram iniciados.
Estudos de viabilidade para revitalização do Rio Jacaré foram iniciados.
Estudos de viabilidade para revitalização do Rio Jacaré foram iniciados.

A revitalização do Rio Jacaré, na região de Irecê, é um sonho antigo da população local e está cada vez mais próximo de se tornar realidade. Os estudos de alternativas que buscam revitalizar e tornar perene o rio já foram iniciados, e a metodologia que está sendo empregada foi apresentada à população, pela empresa contratada, no escritório da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Irecê.

O investimento nesta fase de estudos de alternativas é de R$ R$ 1,1 milhão, provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Calcula-se que a revitalização de rio vai beneficiar cerca de 450 mil habitantes de 23 municípios baianos: Canarana, Ibitiara, Seabra, Brotas de Macaúba, Souto Soares, Barra do Mendes, Ipupiara, Mulungu do Morro, Barro Alto, Bonito, Cafarnaum, Ibipeba, Ibititá, América Dourada, Morro do Chapéu, João Dourado, Lapão, São Gabriel, Jussara, Itaguaçu da Bahia, Ourolândia, Umburanas e Sento Sé.

“O Rio Jacaré, outrora de muita importância, hoje está praticamente morto, seco. Por isso, esses estudos que buscam alternativas para incrementar e aumentar a oferta de água no seu leito fazem renascer as esperanças de dias melhores para a região de Irecê. A perenização do rio contribuirá em muito para o retorno do abastecimento humano e animal, a pequena irrigação no seu entorno, a volta da criação de peixes para os ribeirinhos e a consequente melhora da renda e inclusão social para milhares de pessoas”, enaltece Luiz Alberto Barbosa, chefe do escritório da Codevasf em Irecê.

“Fiquei muito feliz quando soube da realização dos estudos porque sempre foi um sonho nosso, dos agricultores, da sociedade civil, de todos da região. Ficamos mais felizes ainda participando dessa reunião de apresentação da empresa e já convocamos uma reunião com o comitê para anunciar essa boa nova para todos. É muito importante para uma área semiárida como essa recuperar um rio que está praticamente morto. Quando o rio tinha água, o nosso lençol freático era ótimo. Com a revitalização, temos esperança de recuperar a qualidade dele”, destacou Ednaldo Campos, presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas dos Rios Verde e Jacaré.

A bacia do Rio Jacaré, que também é conhecido como Vereda Romão Gramacho, abrange uma área de cerca de 18 mil quilômetros quadrados. Seco em vários trechos, em decorrência dos longos períodos de estiagem e da degradação ambiental, o rio tem cerca de 250 quilômetros de extensão, passando por 23 municípios, de Barra do Mendes, até desaguar no São Francisco, no município de Sento Sé.

Também participaram da apresentação representantes da empresa contratada, de secretarias de meio ambiente municipais, do Comitê de Bacias Hidrográficas dos Rios Verde e Jacaré, de diversos veículos da imprensa local, além de ambientalistas e de outras pessoas interessadas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109896 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]