Feira de Santana | Oncologia do Hospital Estadual da Criança será inaugurada em novembro

Vista aérea do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)
Vista aérea do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)
Vista aérea do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)
Vista aérea do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)

Os serviços em Oncologia, para tratamento de câncer, do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, devem ser instalados no próximo mês novembro. A afirmação foi feita pelo deputado estadual Zé Neto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, durante bate-papo com o jornalista Dílson Barbosa e o radialista Luiz Santos, no Programa Linha Direta Com o Povo, que vai ao ar de segunda à sábado, na Rádio Sociedade AM. De acordo com o deputado, a boa notícia foi passada pelo secretário Estadual da Saúde, Jorge Solla, em conversa recente com o parlamentar.

Conforme Zé Neto, o setor vai contar com nove especialistas – comandados pela oncopediatra Núbia Mendonça, sócio-fundadora do Grupo de Apoio à Criança com Câncer da Bahia (GACC) – e 15 leitos.

“Posso afirmar que esse é o início de um novo momento para a Oncologia Infantil em nosso Estado e estamos trabalhando para que, até o final do ano, o Hospital possa oferecer cardiologia infantil”, comemorou Zé Neto, ao completar que o HEC já conta com 170 leitos em funcionamento (sendo 38 leitos de UTI, 20 neonatal e 16 pediátricos) realizando mais de três mil consultas por mês.

Lagoa Grande 

Outra boa notícia diz respeito a requalificação da Lagoa Grande. De acordo com o deputado, a Caixa Econômica Federal liberou, na última sexta-feira (25), recursos para a retomada das obras – interrompidas por conta da necessidade de realizar nova licitação em função de ação ajuizada pela segunda empresa colocada no processo de licitação que selecionou a responsável pelas obras e pela diferença nas tabelas de preços da Caixa e do Tribunal de Contas do Estado no que se refere aos valores dos materiais a serem utilizados nesta intervenção.

“Ali vamos ter um espelho d’água maior que o do Dique do Tororó, em Salvador, área de lazer, reparação sanitária para atender a mais de cinco mil famílias e, não só valorizar as comunidades do entorno, especialmente do bairro da Rocinha, mas fazer com que retomemos a valorização das lagoas em Feira de Santana, que são patrimônios ambientais”, observou Zé Neto.

A obra da Lagoa Grande é um contrato de R$ 68 milhões, dividida em três etapas. As duas primeiras tratam da construção do Conjunto Habitacional Núcleo Conceição, são 690 casas que foram construídas para reacomodar famílias que residiam no entorno da Lagoa. A última etapa consiste na urbanização do entorno da Lagoa, o que possibilitará que, pelo menos, cinco mil famílias sejam diretamente atendidas com rede de esgoto pluvial canalizado para a Bacia do Subaé nos bairros da Rocinha, Caseb, Parque Getúlio Vargas e Ponto Central, com custo de R$ 20 milhões.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110032 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]