Agricultura familiar de Irecê é fortalecida

Agricultores familiares da região de Irecê são beneficiados.
Agricultores familiares da região de Irecê são beneficiados.

Agricultores familiares da região de Irecê são beneficiados.
Agricultores familiares da região de Irecê são beneficiados.

Os agricultores familiares do território de identidade de Irecê receberam, nesta segunda-feira (11/11/2013), ações do Governo da Bahia, da Petrobras Biocombustível e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O anúncio das realizações foi dado no município de Irecê e contou com a presença dos secretários estaduais Rui Costa (Casa Civil), Eduardo Salles (Agricultura) e Moema Gramacho (Desenvolvimento Social). Os presidentes da Codevasf e da Petrobras Biocombustível, Elmo Vaz e Miguel Rossetto respectivamente, também participaram do ato.

Em geral, as entregas são fruto de parceria, a exemplo do convênio que beneficiará 400 agricultores familiares participantes do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel na região. A Petrobras Biocombustível  e a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária e Pesca (Seagri), celebraram o acordo, que prevê investimentos de R$ 11,2 milhões para a distribuição de sementes de dendê, mamona e girassol, serviço de assistência técnica, aquisição de oleaginosas – através da própria Petrobras Biocombustível  – e o preparo mecanizado da área que o agricultor irá plantar, fortalecendo a produtividade das famílias. A agricultora Ionária de Carvalho, de Presidente Dutra, comemorou a iniciativa. “Vamos trabalhar mais, porque temos melhores condições. A produção de mamona na minha comunidade será outra”, disse. Outros 8.300 agricultores familiares da Bahia também serão beneficiados com este convênio.

Um conjunto de máquinas, composto por trator, retroescavadeira, motoniveladoras e pá carregadeira, foi doado pelo Estado ao Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território de Irecê. Para a compra, R$1,5 milhão foi aplicado. “O fortalecimento do consórcio significa o fortalecimento dos 21 municípios integrantes do grupo. Com as máquinas, eles têm autonomia para iniciar obras de barragens subterrâneas, barreiros e estradas vicinais, obras indispensáveis para o desenvolvimento do semiárido, colaborando com o homem e a mulher do campo”, explicou o secretário Rui Costa.

Através da Codevasf, 175 famílias receberam um kit de apicultura, 139 kits de irrigação sob gotejamento foram doados e, com o objetivo de fazer a reposição parcial do rebanho perdido com a seca, 75 ovinos e caprinos foram entregues a associações de agricultores da região. Para o fornecimento de água, foi dada ordem de serviço para implantação de 119 poços e de 3540 cisternas.  Na oportunidade, o presidente Elmo reforçou o andamento da ocupação da 1ª etapa do Baixio de Irecê, que terá capacidade de gerar mais de 4 mil empregos diretos e 8.400 indiretos. Cerca de 16 mil pessoas serão beneficiadas. São 174 propostas recebidas pela Codevasf.

Foram doadas mais de 189 mil quilos de sementes de milho, feijão e sorgo em prol do aumento da produção rural da região. A ação da Seagri beneficiará cerca de 19 mil agricultores.

Em relação ao abastecimento de água, o Estado autorizou que a Cerb inicie nove sistemas de água para consumo humano no território de Irecê, levando água a comunidades da zona rural, realização que contou com R$ 965 mil em recursos. O governo realizou, ainda, a entrega de equipamentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), totalizando um investimento de R$ 292 mil, além de avançar na regularização fundiária, propiciando que mais 75 famílias baianas recebessem seus títulos de terra e a distribuição de 100 mil mudas de palma, para alimentação animal.

Sobre Carlos Augusto 9512 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).