Presidenta Dilma Rousseff ressalta importância dos municípios com até 50 mil habitantes

Dilma Rousseff: "É fundamental que os prefeitos possam ter alguns instrumentos para atuar e garantir condições para a sua população transitar”.
Dilma Rousseff: "É fundamental que os prefeitos possam ter alguns instrumentos para atuar e garantir condições para a sua população transitar”.
Dilma Rousseff: "É fundamental que os prefeitos possam ter alguns instrumentos para atuar e garantir condições para a sua população transitar”.
Dilma Rousseff: “É fundamental que os prefeitos possam ter alguns instrumentos para atuar e garantir condições para a sua população transitar”.

A presidenta Dilma Rousseff disse na sexta-feira (04/10/2013), em Campo Mourão (PR), que os municípios com até 50 mil habitantes ocupam importante papel produtivo e social estratégico para o país. Durante cerimônia de entrega de 179 máquinas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 a prefeituras paranaenses, Dilma ressaltou que o país tem 5.061 municípios com até 50 mil habitantes, o que representa cerca de 90% do total. “As prefeituras de até 50 mil habitantes ocupam papel estratégico, não só na estrutura produtiva, mas também no atendimento da população, na questão social”, disse Dilma.

Segundo a presidenta, o programa de distribuição de retroescavadeiras, motoniveladoras e caminhões-caçamba foi criado com o intuito de dar autonomia aos prefeitos. “É fundamental que os prefeitos possam ter alguns instrumentos para atuar e garantir condições para a sua população transitar”.

Dilma disse que algumas cidades chegam a ter mais de 1 mil quilômetros de estradas vicinais, localizadas nas propriedades rurais. As vias são fundamentais para a rapidez do escoamento da produção agrícola, influenciando no custo de produção. Para ela, as estradas vicinais são “veias de alimentação do organismo econômico” e, por isso, os equipamentos doados são importantes para os municípios.

Além da melhoria das estradas vicinais, a presidenta ressaltou a importância de construir armazéns para estocar a produção de grãos. Segundo ela, a criação de uma linha de crédito de R$ 5 bilhões anuais para financiar a armazenagem é uma das principais medidas de seu governo. “Armazenagem também é logística, é uma questão estratégica para o país”, disse.

Durante a cerimônia em Campo Mourão, foi assinado um convênio entre o Banco do Brasil e a Coamo, a maior cooperativa agrícola da América Latina, para o financiamento de 16 armazéns de grãos, com capacidade de 268 mil toneladas. O banco emprestará R$ 110 milhões. Dilma também assinou ordens de serviço da BR-158, no trecho entre Campo Mourão e Palmital, e da BR-487, no trecho entre Nova Brasília e Tuneiras do Oeste.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110028 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]