Leur Lomanto Jr. questiona secretário sobre débito com empresas e PSTs

Leur Lomanto Jr.: “Com a desculpa de crise no caixa financeiro, devido à frustração da receita, o governo está com imensos atrasos com fornecedores, empresas terceirizadas e PSTs da área de educação de alguns municípios, a exemplo de Jequié, gerando uma situação inaceitável”.
Leur Lomanto Jr.: “Com a desculpa de crise no caixa financeiro, devido à frustração da receita, o governo está com imensos atrasos com fornecedores, empresas terceirizadas e PSTs da área de educação de alguns municípios, a exemplo de Jequié, gerando uma situação inaceitável”.
Leur Lomanto Jr.: “Com a desculpa de crise no caixa financeiro, devido à frustração da receita, o governo está com imensos atrasos com fornecedores, empresas terceirizadas e PSTs da área de educação de alguns municípios, a exemplo de Jequié, gerando uma situação inaceitável”.
Leur Lomanto Jr.: “Com a desculpa de crise no caixa financeiro, devido à frustração da receita, o governo está com imensos atrasos com fornecedores, empresas terceirizadas e PSTs da área de educação de alguns municípios, a exemplo de Jequié, gerando uma situação inaceitável”.

Presente a audiência pública que discutiu a situação financeira do Estado, o deputado estadual Leur Lomanto Jr. (PMDB) questionou o secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório sobre o débito do governo com os funcionários PSTs (Prestadores de Serviços Temporários) e com as empresas da construção civil, que movimentam obras nos municípios. Segundo o deputado, a ausência de respostas do titular da Sefaz, que desconversou ao ser perguntado sobre o assunto demonstrou mais uma vez o “desrespeito” do atual governo com os agentes que contribuem com o Estado.

“Com a desculpa de crise no caixa financeiro, devido à frustração da receita, o governo está com imensos atrasos com fornecedores, empresas terceirizadas e PSTs da área de educação de alguns municípios, a exemplo de Jequié, gerando uma situação inaceitável”, relatou o peemedebista. O deputado lembra que muitas denúncias sobre as dívidas do governo chegaram ao seu gabinete.

Algumas prestadoras que realizaram operações junto ao governo até hoje estão com altos prejuízos  por falta de pagamento. Muitos prestadores de serviços estão com atrasos de quatro meses, alguns estão sem receber há mais de um ano.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109924 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]