Deputado Carlos Gaban vota contra projeto do executivo e protesta pela falta de debate na Assembleia Legislativa

Carlos Gaban: “As comissões temáticas são o local para se discutir e não aqui em regime de urgência, quando nós tomamos conhecimento do que está sendo relatado de última hora. Eu tenho que encaminhar contra este projeto por não conhecê-lo e por não ter tido a oportunidade de discuti-lo. Não tenho condições, como parlamentar, de dar um voto naquilo que desconheço”.
Carlos Gaban: “As comissões temáticas são o local para se discutir e não aqui em regime de urgência, quando nós tomamos conhecimento do que está sendo relatado de última hora. Eu tenho que encaminhar contra este projeto por não conhecê-lo e por não ter tido a oportunidade de discuti-lo. Não tenho condições, como parlamentar, de dar um voto naquilo que desconheço”.
Carlos Gaban: “As comissões temáticas são o local para se discutir e não aqui em regime de urgência, quando nós tomamos conhecimento do que está sendo relatado de última hora. Eu tenho que encaminhar contra este projeto por não conhecê-lo e por não ter tido a oportunidade de discuti-lo. Não tenho condições, como parlamentar, de dar um voto naquilo que desconheço”.
Carlos Gaban: “As comissões temáticas são o local para se discutir e não aqui em regime de urgência, quando nós tomamos conhecimento do que está sendo relatado de última hora. Eu tenho que encaminhar contra este projeto por não conhecê-lo e por não ter tido a oportunidade de discuti-lo. Não tenho condições, como parlamentar, de dar um voto naquilo que desconheço”.

O líder do Democratas na Assembleia, deputado Carlos Gaban, voltou a criticar algo que vem se tornando recorrente na Assembleia Legislativa da Bahia, que é a votação de projetos de autoria do executivo tramitados em regime de urgência e sem terem sido debatidos nas comissões temáticas. Na sessão desta terça-feira (22/10/2013), ele votou contra o projeto nº 20.490/2013, que altera a lei que normatiza o recolhimento do imposto sobre a circulação de mercadorias e prestação de serviços (ICMS).  “Eu sou e sempre serei contra a qualquer projeto que venha diretamente ao plenário em regime de urgência, sem que haja o debate sobre a matéria”, disse o democrata.

O parlamentar lamentou a votação de mais um projeto sem discussão na Casa e sem a participação da sociedade, pois “é nas comissões que os segmentos da sociedade têm a oportunidade de levar as suas demandas”, e criticou a forma rápida e imprecisa da leitura feita pelo relator do projeto.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110000 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]