Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 10 de outubro de 2013

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Se constituindo no novo par da cidade o médico José Braulio Sandes Neto e Jaqueline Vieira.
Se constituindo no novo par da cidade o médico José Braulio Sandes Neto e Jaqueline Vieira.
Se constituindo no novo par da cidade o médico José Braulio Sandes Neto e  Jaqueline Vieira.
Se constituindo no novo par da cidade o médico José Bráulio Sandes Neto e Jaqueline Vieira.

Oito anos da Igreja Batista das Nações

Domingo, dentro das comemorações dos oito anos de fundação da Igreja Batista das Nações, durante a cerimônia religiosa à noite, em seu templo, o bispo Roque Hudson, celebrou um concorrido culto marcado por louvor através de conhecidas cantoras gospel, espetáculos de dança e de teatro, além da pregação da palavra pelo pastor Gilberto Ruy Rocha, da Igreja Batista Ágape. O encerramento da solenidade ocorreu com a entrega pelo bispo Roque Hudson e pastora Neide Mamona, de oito diplomas a figuras que muito representam para a comunidade evangélica e entre estes: a secretária de Saúde do município Denise Mascarenhas, deputado estadual Carlos Geilson e este jornalista.

O bispo Roque Hudson Mamona festejou o aniversário da Igreja Batista das Nações ao lado da pastora Neide.
O bispo Roque Hudson Mamona festejou o aniversário da Igreja Batista das Nações ao lado da pastora Neide.

Documentário sobre Juraci

Na noite do dia 15, às 20h, na sala do Orient Cineplace, acontecerá a pré-estreia do documentário “O Imaginário de Juraci Dórea no Sertão: Veredas”, com argumento e direção de Tuna Espinheira, filme realizado, principalmente, em Feira de Santana, com tomadas no Campo do Gado e no campus da UEFS, onde foram plantadas esculturas do “Projeto Terra”, do artista plástico feirense. “Este trabalho, cujo protagonista é um personagem da história desta brava região”, segundo Tuna, pretende mostrar o sertão através do imaginário, inspirado no “Projeto Terra”, que completa 30 anos de execução por Juraci Dórea. Aprovado pelo FSA/BRDE – Prodavi, o filme foi rodado em Digital HD pela produtora Larty Mark. A produção executiva é de Wiltonauar Moura e deverá também ser exibido pela TVE Bahia. A iniciativa tem apoio do governo municipal de Feira. Além de Juraci Dórea ser o motivo do filme, a produção conta com dois nomes feirenses na ficha técnica: Dimas Oliveira e Selma Soares. Com informações do Blogdemais.

Comércio atacadista

Com mais de 14 mil metros de área construída, sendo 6,3 mil metros de área de vendas, o Assaí Atacadista, braço de atacado do GPA chega à Feira de Santana, gerando mais de 500 oportunidades de empregos, entre postos de trabalho sendo 250 diretos e 250 indiretos, fomentando a economia de toda a região. “A inauguração do Assaí Atacadista deve contribuir para o crescimento do setor industrial e comercial da cidade, que é o principal centro urbano, político, educacional, tecnológico, econômico, imobiliário, industrial e comercial do interior da Bahia e um dos principais do Nordeste”, comenta Belmiro Gomes, presidente da rede Assaí Atacadista.

 Investigação

A Polícia Federal quer que o STF (Supremo Tribunal Federal) autorize a abertura de investigação contra dois deputados federais que usaram notas fiscais de empresas suspeitas de participarem do esquema de lavagem de dinheiro e desvio de recursos de fundos de pensão. Os nomes dos deputados federais Taumaturgo Lima (PT-AC) e do feirense Fernando Torres (PSD-BA) apareceram em documentos da investigação que tramitava no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e apurava o uso de empresas para lavar dinheiro.  Na semana passada, parte da investigação sobre os fundos de pensão já havia sido remetida ao STF pela Justiça Federal porque outros três deputados federais foram flagrados em conversas com o doleiro Fayed Traboulsi, acusado de ser um dos chefes da quadrilha que movimentou R$ 300 milhões em 18 meses.

Segundo investigações da polícia e do Ministério Público do DF, os dois deputados usaram notas da MC Incorporação e da Gold Incorporação e Consultoria para justificar o gasto da verba de gabinete e pedir reembolso à Câmara.  Taumaturgo pediu ressarcimento de ao menos R$ 77 mil, e Torres, de R$ 14 mil. As duas empresas aparecem entre as usadas para lavar dinheiro do esquema. (Fernanda Odilla)

Torres nega

O deputado federal Fernando Torres falando à mídia,  rebateu as notícias divulgadas pela Folha de São Paulo sobre o uso de  notas da MC Incorporação e da Gold Incorporação e Consultoria para justificar o gasto da verba de gabinete e pedir reembolso à Câmara. Fernando Torres alega ainda que jamais poderia adivinhar que uma empresa que presta serviços para a Marinha, o Exército e ao Ministério da Reforma Agrária estaria envolvido nesse tipo de denúncias. (Blog Bahia na Politica)

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos 

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Sobre Antonio José Larangeira 3154 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]