Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 17 de outubro de 2013

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Ada e Bernardino Bahia, além de Liege em álbum de família.
Ada e Bernardino Bahia, além de Liege em álbum de família.
A odontóloga Diana Aranha com sua mãe  Conceição Aranha.
A odontóloga Diana Aranha com sua mãe Conceição Aranha.
Ada e Bernardino Bahia, além de Liege em álbum de família.
Ada e Bernardino Bahia, além de Liege em álbum de família.

Feira é a menor carga tributária

Entre os municípios brasileiros com mais de cem mil habitantes, Feira de Santana é o 20º mais barato para o contribuinte, de acordo com um levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo, com base em informações do Tesouro Nacional – os números são relativos a 2012, quando se constatou que Feira tinha a menor carga no estado – entre os municípios com a população citada.

Em Feira de Santana, a carga tributária per capta era R$ 174,17. É a menor entre os quatro municípios baianos que figuram na lista – a arrecadação em 2012 foi de R$ 98.944.721. O primeiro da lista é Camaçari, com R$ 579,60 (arrecadação de R$ 147.937,103); seguido de Salvador (R$ 1.308.586,077), e per capta de R$ 482,52 e Vitória da Conquista, com carga individual de R$ 182,52 (e arrecadação de R$ 57.654.046). O município também se destaca no tocante ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), como um dos mais baixos do país. Entre os cem citados, Feira tem o 85º menor valor per capta cobrado, com R$ 26,62 – Camaçari cobra R$ 133,64; Salvador, R$ 98,06 e Vitória da Conquista, R$ 31,31. O levantamento feito pelo Tesouro Nacional ratifica as afirmações do secretário da Fazenda, Expedito Eloy, de que os feirenses pagam um dos menores valores do IPTU, isto em termos nacionais, entre municípios do seu porte. Entre os 19 municípios que tem a carga tributária menor do que a de Feira, apenas São Gonçalo, que tem população de mais de um milhão de habitantes e Nova Iguaçu, com mais de 800 mil moradores, ambas no Rio de Janeiro, e Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco. As informações são da Secom.

Grandes Pintores

Em 28 de novembro de 2007, a Fundação Carlo Barbosa lançou o projeto “Memórias – Pintores de Feira de Santana”, com um álbum onde constam biografia do patrono da entidade, textos de críticos de arte sobre sua obra e reproduções de telas do artista. O lançamento do primeiro álbum se deu na Galeria Carlo Barbosa, do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Em seguida, ainda em 2007, foi lançado álbum sobre o trabalho de Gil Mário. Em 2008, apresentação dos álbuns de Leonice Barbosa e César Romero. Em 2009, a vez do trabalho de Juraci Dórea. Em 13 de dezembro de 2012, lançamento dos álbuns com obras dos artistas Marcus Moraes e Pedro Roberto, no Casarão Fróes da Motta. Agora, o desdobramento e amplitude do projeto “Memórias” com o lançamento da revista “Grandes Pintores Feirenses”, contendo todos os sete artistas plásticos feirenses retratados. Para Lucy Barbosa, presidente da Fundação Carlo Barbosa, a revista atende a uma necessidade didática de escolas e instituições que desejam conhecer mais sobre as artes plásticas em Feira de Santana. O lançamento da revista se dá junto com o lançamento livro “Reminiscências de Feira de Santana”, de José Francisco Brandão de Freitas, em noite cultural, na sexta-feira, 1º de novembro, às 19h30, no Casarão Fróes da Motta. A atividade da Fundação Carlo Barbosa é em parceria com a Fundação Senhor dos Passos. Fonte: Dimas oliveira.

Data

Laura Tavares, foi homenageada sábado ultimo, pelo seu aniversário, com um animado  almoço, organizado por sua filha Maria Carolina Tavares Cohim, em sua casa em Patamares em Salvador e ajudando a receber  o seu cunhado José Hamilton Cohim Filho e seu neto Hamiltinho. Não faltou o bolo, onde a aniversariante cantou os parabéns, brindando os seus 60 anos. Presentes: Solange Lins de Albuquerque, Ana Lúcia Veras, Dila Tavares, Florzinha  Tavares Lomanto,Iara Mata Farias,Patricia e Marcelo Veras,Gracinha e Hamilton Cohim,Carolina Ramos e Pedro Tavares,Greci Lima e Daniel Tavares,Fernanda Tavares e Rodrigo Mata farias, Patricia e George Castro, Misael Tavares e Marcelo Viana Tavares.

Baixa

Com a filiação da vereadora Gerusa Sampaio ao PROS, o PSD liderado em Feira de Santana pelo deputado federal Fernando Torres sofreu uma baixa muito grande. Ainda mais que o primeiro suplente da coligação PDT/PSD/PR/PRB é o ex-vereador Sebastião Bastinho, também com grandes diferenças com o parlamentar.

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos 

Jornal Grande Bahia

Tribuna da Bahia

Notícias da Bahia

Sobre Antonio José Larangeira 3154 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]