“Transtornos da Obesidade” são debatidos em VIII Encontro de Pacientes no Hospital Aliança

VIII Encontro de Pacientes no Hospital Aliança.
VIII Encontro de Pacientes no Hospital Aliança.
VIII Encontro de Pacientes no Hospital Aliança.
VIII Encontro de Pacientes no Hospital Aliança.

Especialista em bariátrica há 15 anos, Dr.Osiris Casais que participou do ISFO, em Istambul, fala sobre as novidades relacionadas ao assunto. Considerada questão de saúde pública, a obesidade pode provocar pelo menos outras vinte doenças. Diabetes, cardiopatias, hipertensão, dores nas articulações são apenas alguns dos inúmeros problemas que podem acometer o individuo obeso. Atualmente 12% da população mundial sofre do mal e 2,8 milhões de pessoas morrem todo ano por conta do excesso de peso. Em muitos casos, a cirurgia bariátrica tem se apresentado como a melhor solução. O assunto é tema do VIII Encontro de Pacientes da Clínica de Cirurgia Osiris Casais, neste sábado (14/09/2013), 9h, no Auditório do Centro Médico Aliança.

Um adulto é considerado acima do peso recomendável quando seu IMC (relação entre peso e altura elevada ao quadrado) está acima de 25. A obesidade acontece quando esse número supera 30. Recentemente, o Ministério da Saúde publicou uma pesquisa que mostrou que, em 2012, 51% da população brasileira está fora dos parâmetros. Os dados apresentados demonstram que a taxa de sobrepeso vem crescendo. Em 2006, o percentual dos mais gordos era de 43%. Já em 2011 passou a 48,5% e chegou à maioria agora em 2012. O cirurgião Osiris Casais, que há 15 anos realiza Cirurgia Bariátrica na Bahia, destaca que quanto maior for o seu IMC, maiores serão suas chances de desenvolver uma ou mais dessas doenças associadas à Obesidade.

Segundo ele, várias doenças são causadas ou agravadas pela Obesidade. As mais comuns são as cardiopatias, hipertensão, diabetes, dislipidemias, osteartopatias e as doenças psicossociais. Essas últimas provocam limitações importantes como, por exemplo, o desemprego, afastamento do convívio social, além da depressão. “As mais graves são as doenças do coração e a diabetes”, frisa.

O médico que no final do último mês participou do IFSO – XVIII World Congress, em Istambul, garante que o uso da cirurgia bariátrica como cura da obesidade tem sido reforçado por especialistas não só do Brasil, mas de todo mundo. Ele explica que atualmente o tratamento cirúrgico é indicado para obesidade grau II (IMC de 35 a 39) associada à co-morbidades, que são as doenças provocadas ou agravadas pelo excesso de peso, além dos portadores de Obesidade Mórbida (IMC maior ou igual a 40).

De acordo com o especialista, o bypass gástrico é o tipo de procedimento mais usado no mundo. Intitulada de padrão ouro, a técnica apresenta índices de 85% de cura do diabetes e hipertensão. Obesos que tem problemas como apneia do sono, esteatose hepática e dislipidemias chegam a alcançar 100% de cura. “O objetivo da cirurgia não é tratar apenas a obesidade, mas também sanar as doenças associadas, desta forma melhorando a expectativa de vida dos pacientes obesos”, destaca Casais.

Responsável por realizar mais de mil cirurgias sem nenhum caso de óbito, o médico lamenta que tantas pessoas ainda morram vítimas da Obesidade. “Infelizmente o SUS ainda não está preparado para tratar esse problema”. “As grandes filas de espera no Brasil e na Bahia, em consequência da pequena quantidade de hospitais habilitados para fazer o procedimento, ilustram nossa triste realidade”, comenta.

Na opinião do cirurgião, é preciso preparar hospitais e profissionais que possam realizar um programa adequado de obesidade, incluindo não só a cirurgia, mas também o acompanhamento pré e pós-operatório. “O governo precisa investir mais na prevenção da doença, adotando medidas como controle nas propagandas de fast food, na merenda escolar oferecida pelas cantinas, além de realizar campanhas de incentivo a atividade física”, finalizou o especialista.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116505 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.