Sistema Brasil ID de Rastreamento de Mercadorias

Sistema Brasil ID de Rastreamento de Mercadorias.
Sistema Brasil ID de Rastreamento de Mercadorias.
Sistema Brasil ID de Rastreamento de Mercadorias.

A Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia – SEFAZ – está utilizando, desde a última segunda feira, dia 23 de setembro de 2013, uma “ferramenta” que possibilita o rastreamento automático de cargas e documentos fiscais eletrônicos dos veículos de cargas, por meio de um equipamento de radiofrequência.

Trata-se de um sistema de identificação conhecido por Brasil ID, rastreamento e autenticação de mercadorias, que está funcionando como um sistema piloto no posto fiscal Benito Gama em Vitória da Conquista, por onde circulam em torno de 1.500 veículos de carga por dia.

O uso desta ferramenta é um projeto do Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais – ENCAF – e será implantado em 13 estados contando com a Bahia, ou seja: Amazonas, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Norte, Maranhão, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Pernambuco.

A implantação dos equipamentos – antena, computadores, sistema wireless e aparelhos específicos – estão sendo instalados a custo “zero” para os estados participantes do projeto. Os custos de instalação estão sendo patrocinada pela Empresa Brasileira de Planejamento e Logística – FINEP – empresa pública associada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. O Brasil ID trará vantagens como redução dos custos dos produtos e do transporte, diminuição de furto e roubo de cargas, garantia de procedência e autenticidade dos produtos e combate à falsificação e ao contrabando.

Conforme informou Dalton Vecchini, gerente de Sistemas da TA Transportadora Americana, Dalton Vecchini,“Esperamos que, quando os nossos motoristas passarem pelos postos, sejam liberados rapidamente, já que os fiscais já terão as informações da carga transportada. Além disso, o sistema trará diversos outros ganhos como, por exemplo, proteger as nossas mercadorias de roubos nas estradas”.

Está prevista para novembro do ano em curso, a implantação da próxima fase que se resume na integração do sistema à área conhecida por “back-office”, destinada a receber informações adquiridas através das antenas. Portanto, sempre que os veículos de cargas passarem pelo posto fiscal e a antena identificar o documento eletrônico, o sistema transmitirá ao sistema back-office, que automaticamente informará ao sistema nacional de armazenamento de documentos fiscais.

Alberto Peixoto
Sobre Alberto Peixoto 488 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.