Empresa de Brasília fará projeto do BRT de Feira de Santana

Anúncio de elaboração do projeto do BRT foi feito pelo prefeito José Ronaldo durante coletiva.

Anúncio de elaboração do projeto do BRT foi feito pelo prefeito José Ronaldo durante coletiva.

A Prisma Consultoria e Engenharia Ltda, com sede em Brasília, será a empresa responsável pela elaboração do projeto executivo para implantação do Sistema BRT (sigla inglesa para Transporte Rápido de Ônibus), em Feira de Santana. O anúncio foi feito em entrevista coletiva concedida pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, na manhã desta quinta-feira (05/09/2014), no Paço Municipal Maria Quitéria.

Outras duas empresas participaram do processo licitatório, na modalidade concorrência pública: Tait Consultoria e Engenharia Ltda (com sede em São Paulo) e Tacom Projetos IMT Ltda (com sede em Salvador). A Prisma Consultoria deverá elaborar o projeto executivo do BRT até 5 de março de 2014.

“Após essa etapa estaremos licitando as obras que serão realizadas nos bairros e avenidas de Feira de Santana para atender as condições técnicas para implantação do sistema que irá revolucionar o transporte público em Feira de Santana”, destacou o prefeito José Ronaldo. No mês passado o Ministério das Cidades outorgou o Termo de Habilitação para a Contratação da operação de crédito destinada a financiar a implantação do BRT.

O valor total da obra será de R$ 90.107.500 (noventa milhões, cento e sete mil, e quinhentos reais). O recurso é resultado de um financiamento  junto a Caixa Econômica Federal, autorizado através da Lei Municipal 3.387, de 18 de junho de 2013. O anúncio contou com a presença do deputado estadual Carlos Geilson, além de vereadores, secretários municipais, equipe de governo e imprensa.

BRT 

O sistema constitui-se de veículos articulados ou biarticulados que trafegam em canaletas específicas ou em vias elevadas. O BRT é mais viável financeiramente que um sistema de metrô, mas com capacidade de transporte de passageiros similar à de um sistema de veículo leve sobre trilhos (VLT).

A proposta do município foi inserida no mês de março no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), eixo Mobilidade Médias Cidades, no âmbito do Programa de Implantação de Transportes e de Viabilidade Urbana (Pró-Transporte), com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), através da Caixa Econômica Federal.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]