Deputado Luciano Simões fala em “apagão financeiro” em Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Luciano Simões: "O Estado tem dois meses que não paga aos professores contratados pelo Reda e PST."
Luciano Simões: "O Estado tem dois meses que não paga aos professores contratados pelo Reda e PST."
Luciano Simões: "O Estado tem dois meses que não paga aos professores contratados pelo Reda e PST."
Luciano Simões: “O Estado tem dois meses que não paga aos professores contratados pelo Reda e PST.”

O líder do bloco parlamentar PMDB/DEM na Assembleia, deputado Luciano Simões, diz que professores do estado em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) e da Prestação de Serviços Temporários (PST), lotados no município de Feira de Santana estão “vivendo um verdadeiro apagão, mas não é com a pela falta de energia não. O problema é um apagão financeiro ocasionado pelo Governo Wagner. O Estado tem dois meses que não paga aos professores contratados pelo Reda e PST. Os educadores estão realizando manifestação, em frente a DIREC do município, exigindo respeito e o pagamento dos salários atrasados.”, enfatizou Simões.

Em nota no Facebook o vereador feirense Beldes Ramos (PT) fez o seguinte comentário:

“Aos servidores da empresa Delta e PST, quero dizer que sou solidário e considero todas as reivindicações justas, pois sei o quanto é difícil o cidadão estar impedido de honrar seus compromissos. No entanto, não posso ser responsabilizado pelo pagamento ou não pagamento, já que não sou representante da empresa e não tenho o poder de efetuá-los.

Reconheço que, como aquele que foi eleito para representar o cidadão feirense, devo dispor de empenho para fazer a interlocução e intermediar a resolução do problema, por isso venho informar à todos os interessados, que através do esforço do Deputado Zé Neto, em reunião com a Secretaria da Fazenda e da Educação, conseguiu se estabelecer que o pagamento dos servidores da empresa Delta e do PST seja feito entre os dias 06 e 11 desse mês.

Quero ressaltar que este ano o estado vem passando por um contingenciamento de gastos, devido à dificuldades financeiras, mas que já está se resolvendo. Tenho acompanhado de perto o processo pelo que todos têm passado, buscando junto às autoridades competentes a solução, e não poderia me pronunciar antes de ter uma informação verdadeira.

Agradeço a todos pela paciência!”

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10108 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).