Deputado Carlos Geilson critica baixo incentivo dos governos estadual e federal para a Expofeira 2013

Carlos Geilson: "A prefeitura de Feira gastou R$ 500 mil para fazer a montagem, com apenas de R$ 10 mil de ajuda do Banco do Nordeste. O governo do estado liberou através da Secretaria de Agricultura apenas R$ 30 mil.". (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson: "A prefeitura de Feira gastou R$ 500 mil para fazer a montagem, com apenas de R$ 10 mil de ajuda do Banco do Nordeste. O governo do estado liberou através da Secretaria de Agricultura apenas R$ 30 mil.". (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson: "A prefeitura de Feira gastou R$ 500 mil para fazer a montagem, com apenas de R$ 10 mil de ajuda do Banco do Nordeste. O governo do estado liberou através da Secretaria de Agricultura apenas R$ 30 mil.". (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson: “A prefeitura de Feira gastou R$ 500 mil para fazer a montagem, com apenas de R$ 10 mil de ajuda do Banco do Nordeste. O governo do estado liberou através da Secretaria de Agricultura apenas R$ 30 mil.”. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

A solenidade da abertura da 38º Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2013) aconteceu na tarde de domingo (1º). O deputado estadual Carlos Geilson (PTN), que estava presente no evento, criticou em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia nesta segunda-feira (02/09/2013) o baixo incentivo dos governos federal e estadual para com o evento.

“Pasmem senhores! A prefeitura de Feira gastou R$ 500 mil para fazer a montagem, com apenas de R$ 10 mil de ajuda do Banco do Nordeste. O governo do estado liberou através da Secretaria de Agricultura apenas R$ 30 mil. O secretário Eduardo Salles, que é um secretário operoso, reconheço, esteve participando da abertura, merece nosso reparo. Mas merece também as críticas do setor agropecuário. Liberar somente essas quantias, quando o setor produtivo precisa de apoio, de incentivo é faltar com respeito”, criticou Geilson.

O parlamentar disse que o Banco do Nordeste liberou apenas R$ 10 mil e ainda pediu contrapartida à prefeitura. Ele ainda questionou qual o motivo do governo do estado liberar apenas R$ 30 mil esse ano, já que em edições anteriores chegou a liberar R$ 50 mil. “A gente vê tanto dinheiro desperdiçado com propaganda inverídica e no momento em que o produtor rural precisa desse apoio, os governos federal e estadual dão às costas”, pontua o deputado feirense.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116767 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.