Deputada Graça Pimenta defende ampliação de campanhas para doação de órgãos e tecidos

Audiência pública na AL-Ba debate doação de órgãos e tecidos.
Audiência pública na AL-Ba debate doação de órgãos e tecidos.
Audiência pública na AL-Ba debate doação de órgãos e tecidos.
Audiência pública na AL-Ba debate doação de órgãos e tecidos.

Representantes da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) e de instituições ligadas a pacientes que precisam de transplantes ou que já foram transplantados estiveram presentes na audiência pública realizada nesta terça-feira (24) pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa (AL). O encontro foi alusivo ao Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos, que será comemorado na sexta-feira (27/09/2013).

Durante a audiência, o coordenador da Central Estadual de Transplantes, Eraldo Moura, apresentou dados sobre o assunto. “Em 2012, a Bahia teve 412 identificações de morte encefálica. Desse número, nós tivemos 77 doações de múltiplos órgãos. Fizemos 56 transplantes de fígado; 99 de rins com doador falecido e 20 com o doador vivo; 408 de córnea; e 46 de medula óssea. Também no ano passado, tivemos 69,32% de negativa das famílias. Se todas elas tivessem autorizado a doação, nós teríamos ampliado muito mais as chances dos pacientes que hoje não estão entre nós por não terem tido a oportunidade de serem beneficiados com um transplante”, revela.

Segundo a deputada estadual Graça Pimenta (PR), ações estratégicas devem ser ampliadas. “A falta de conhecimento das pessoas sobre a doação de órgãos e tecidos pode ser apontada como um obstáculo para a ampliação do número dos transplantes. Precisamos de campanhas que conscientizem a população sobre o ator de doar. Essas iniciativas devem ser realizadas em todos os locais possíveis, como escolas, igrejas e faculdades”, afirma.

Conforme a presidente da Associação dos Pacientes Transplantados da Bahia (ATX-Bahia), Márcia Chaves, a atenção básica poderia reduzir o número de pessoas que precisam do procedimento. “A hipertensão e diabetes são as doenças mais responsáveis pelos transplantes. Se tivermos mais ações de saúde básica, a demanda pelos serviços de alto custo, como transplante e hemodiálise, seria menor”, acredita.

Na tentativa de promover a conscientização dos funcionários da AL, vai ser disponibilizado na Casa um estande para que as pessoas tirem suas dúvidas sobre a doação de órgãos e tecidos. A iluminação externa do parlamento baiano vai ter tonalidade verde, cor relacionada ao tema. Outra iniciativa adotada pelo colegiado é solicitar a tramitação imediata do projeto de Lei 19.303/2011, elaborado pelo deputado Yulo Oiticica, que cria o Dia Estadual de Conscientização da Importância do Transplante e Incentivo a Doação de Órgãos e Tecidos.

Durante a audiência, os cantores Chocolate da Bahia e Del Feliz apresentaram os jingles das campanhas de doação promovidas pela Sesab. Para conhecer mais sobre o tema, acesse: http://www.saude.ba.gov.br/transplantes/.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120515 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.