Arcebispo de Feira de Santana cobra construção de centro oncológico estadual

Dom Itamar Vian voltou a afirmar que milhares de crianças com câncer precisam se deslocar de Feira para fazer tratamento em Salvador e Itabuna. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Dom Itamar Vian voltou a afirmar que milhares de crianças com câncer precisam se deslocar de Feira para fazer tratamento em Salvador e Itabuna. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Dom Itamar Vian voltou a afirmar que milhares de crianças com câncer precisam se deslocar de Feira para fazer tratamento em Salvador e Itabuna. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Dom Itamar Vian voltou a afirmar que milhares de crianças com câncer precisam se deslocar de Feira para fazer tratamento em Salvador e Itabuna. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

Problemas na área de saúde ganharam destaque durante missa pelos 180 anos de emancipação política de Feira de Santana, celebrada na Catedral de Senhora Sant’Ana. Durante a homilia, o arcebispo metropolitano Dom Itamar Vian voltou a afirmar que milhares de crianças com câncer precisam se deslocar de Feira para fazer tratamento em Salvador e Itabuna, por falta de um centro oncológico público na cidade onde vivem.

Em consonância com críticas feitas pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN), Dom Itamar observou que enquanto a população feirense enfrenta esses transtornos, dependências do Hospital Estadual da Criança estão ociosas.

“O arcebispo defende que no espaço inativo do hospital seja construído um centro de oncologia e eu defendo que seja construída uma maternidade pública estadual, que Feira também carece. Utilizado para uma questão ou para outra, o Estado estará atendendo grandes demandas da cidade e região; o que é inaceitável é que diante de tanta necessidade, um equipamento com aquela estrutura fique ocioso”, reforçou Geilson.

Também presente na celebração, o prefeito José Ronaldo informou que o município arca com mais de 60% das despesas com serviços oncológicos do Hospital Dom Pedro de Alcântara e está tentando conseguir recursos do Ministério da Saúde para a especialidade. O prefeito também aproveitou o momento religioso para pedir a Deus uma administração com justiça social. “Que façamos dessa atividade o servir sem olhar a quem”, assinalou.

A celebração foi acompanhada ainda pelo suplente de senador José Chico (PDT), vereadores e secretários. Ao final, a banda da Guarda Municipal tocou o Hino à Feira.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108849 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]