Vereador governista faz balanço do governo de José Ronaldo. Confira debates da CMFS

Câmara Municipal de Feira de Santana.
Câmara Municipal de Feira de Santana.
Câmara Municipal de Feira de Santana.
Câmara Municipal de Feira de Santana.

Carlito faz balanço das obras do governo Ronaldo

O líder governista Carlito do Peixe (DEM), em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta segunda-feira (12/08/2013), fez um balanço das obras dos sete primeiros meses da atual administração municipal.

Segundo ele, no dia 22 de janeiro deste ano, o Governo do Município iniciou as obras do Centro de Referência Especial POP, no bairro Pedra do Descanso (Bem te vi). Também no dia 31 do mesmo mês foram reiniciadas as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA da Mangabeira).

No mês de fevereiro, de acordo com o vereador, o prefeito José Ronaldo deu início às obras de construção de uma escola no bairro Alto do Papagaio e a revitalização de ruas no bairro Santa Mônica II. “O chefe do Executivo também reiniciou a construção do Ginásio de Esportes de Humildes e a pavimentação de ruas no bairro Gabriela”, salientou.

No tocante ao mês de março, ele destacou que foi iniciada a reforma total do Centro de Assistência e Integração à Criança Professor José Raimundo Pereira de Azevedo (Caic), situado no conjunto Feira VII; a construção da quadra poliesportiva no bairro Asa branca; as obras de calçamento no bairro Santo Antônio dos Prazeres e o reinício das obras da Escola-Creche Professor Eduardo Miranda, no bairro Jardim Acácia.

Com relação ao mês de abril, o líder governista citou a recuperação da praça do Feira V. No que tange ao mês de maio, Carlito do Peixe enfatizou a reforma do abrigo do programa social Rua Tô Fora, instalado na praça do Tropeiro (Centro de Abastecimento), e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS da Baraúnas).

No que diz respeito ao mês de junho, o vereador informou que foram iniciadas as obras de construção de uma creche na rua Maria Rosa, no bairro Conceição II; além da construção da rampa de vôo livre no Morro de São José, povoado de Pé de Serra (distrito de Maria Quitéria) e do Posto de Saúde de Tiquaruçu.

Já o mês de julho, Carlito destacou o início das obras do Centro de Saúde do Tomba e do Posto de Saúde do Feira VI; construção de escolas nos bairros Gabriela, Santo Antônio dos Prazeres, Campo Limpo, Mangabeira e conjunto Paulo Souto; construção de uma creche-escola no conjunto Feira VII; construção da praça João Havelange, no bairro Cidade Nova.

Ele citou ainda o início das obras de implantação de alambrados e muros de proteção nos campos de futebol dos conjuntos George Américo e Feira X; bem como o reinicio das obras no campo de futebol do bairro Irmã Dulce.

“Também em andamentos temos obras na Pedra Ferrada e no conjunto Viveiros”, disse o líder governista, acrescentando que a administração do prefeito José Ronaldo já realizou mais de 180 licitações para promover os avanços sociais no município de Feira de Santana.

Beldes representa Câmara na Conferência Estadual das Cidades

A falta de infraestrutura nas áreas de construção de unidades residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida e a necessidade de planejamento das cidades para garantir a acessibilidade das pessoas com deficiência. Estes foram os principais temas discutidos na V Conferência Estadual das Cidades, realizada entre os dias 5 e 8 passados, em Salvador.

A Câmara Municipal de Feira de Santana foi representada na conferência, onde foram escolhidos os delegados para o evento em nível nacional, pelo vereador Beldes Ramos (PT). “O objetivo da conferência é buscar o direito das cidades, no que diz respeito à educação, saúde, mobilidade urbana, moradia e transporte”, disse o vereador.

Destacando a participação de representantes dos vários segmentos da sociedade, movimentos sociais e poder público, Beldes afirmou que foi possível discutir muitas propostas de melhoria das condições de vida da população. Ele frisou a importância das oficinas, que possibilitaram a discussão mais detalhada de propostas nas áreas de habitação, transporte e acessibilidade.

Sobre habitação, o vereador contou que a questão mais abordada foi o Programa Minha Casa Minha Vida. “É preciso garantir infraestrutura, saúde e educação. Os conjuntos estão longe do centro das cidades, nas periferias”, disse Beldes, ressaltando que “o programa propõe é cidadania na sua integralidade e não a granel”.
A conferência, cujo tema este ano é “Reforma Urbana Já”, discutiu ainda a fato dos municípios não colocarem em prática o plano diretor para ordenar o crescimento das cidades. O presidente da Câmara Municipal, Justiniano França, disse que é importante a participação do Legislativo no evento e anunciou que solicitará informações sobre a contrapartida de cada esfera do governo para infraestrutura dos conjuntos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida.

Vereador quer melhorias no trânsito da rua Tomé de Souza

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, nesta segunda-feira (12), o vereador Marcos Lima (PRP) disse que irá apresentar ao secretário Municipal de Planejamento, Carlos Brito, um projeto que visa modificar e melhorar o trânsito da rua Tomé de Souza, bairro Calumbi, em Feira de Santana.
Segundo o vereador, através de sugestões dos moradores do Calumbi, o projeto está sendo elaborado por engenheiros. Tem o objetivo de desafogar o tráfego intenso de veículos daquele importante logradouro, que dá acesso a diversos bairros, entre eles, Rua Nova, Feira IX, Feira IV, Nova Esperança e Jardim Cruzeiro. “Vale salientar que o projeto não visa à desapropriação de áreas para fazer as intervenções na rua Tomé de Souza”.

De acordo com o edil, “o trânsito da Tomé de Souza atualmente está um caos, principalmente no horário de pico. Quando acontece um acidente, para tudo”, afirmou Marcos Lima. Ele reclamou também que no logradouro há poucos pontos de ônibus e os que têm, não possuem abrigos.

Vereador David Neto cobra melhorias na segurança pública

Os problemas da segurança pública em Feira de Santana voltaram a ser tema de discurso na tribuna da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (12). O vereador David Neto (PTN) disse que a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) está passando por melhorias, mas com recursos do próprio delegado. “Armamento é uma dificuldade, fardamento também. Não há investimento no homem”, destacou.

Além da segurança pública, que segundo ele, passa por sérias dificuldades, apesar da recente aquisição de novas viaturas para a cidade, David Neto voltou a falar sobre a questão de delimitação de terras dos municípios de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos. Ele disse ter participado de uma reunião, a convite de um morador do CIS Tomba, e informou que o assunto vai ser discutido no próximo dai 19, no Ceaf.

O edil também informou que encaminhou ao prefeito José Ronaldo de Carvalho reivindicação para pavimentação de ruas no bairro Pedra Ferrada, a pedido dos moradores que estão vivendo dentro da água e da lama e que as obras já foram lançadas. Outra reivindicação, encascalhamento de ruas no Novo Horizonte, está sendo atendida.

José Carneiro lamenta esquecimento do Dia do Estudante em Feira

“Ontem foi um dia importante, o Dia do Estudante, mas a data foi esquecida ao longo dos anos”. A declaração, em tom de lamento, foi feita pelo vereador José Carneiro (PSL), na sessão desta segunda-feira (12) da Câmara Municipal de Feira de Santana. Segundo ele, as entidades estudantis foram “mutiladas pelos governos democráticos”.

Na avaliação de José Carneiro, que já foi militante dos movimentos estudantis, os estudantes não vão mais para as ruas defender seus direitos e até questões em nível nacional. “Em Feira de Santana a data passou despercebida. Infelizmente as entidades sequer lembraram”, disse ele, afirmando que a Casa do Estudante, outrora respeitada, hoje é inexistente.

Edvaldo Lima quer a recuperação da Ponte Rio Branco 

O vereador Edvaldo Lima (PP) comunicou, na manhã desta segunda-feira (12/08/2013), em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal, que está encaminhando indicação ao Governo Municipal para a reconstrução da Ponte Rio Branco, sobre o Rio Jacuípe. Segundo ele, a estrutura do equipamento está sendo corroída pela ferrugem e a ação do tempo.

“A ponte por onde passavam os tropeiros que vinham comercializar no centro da cidade hoje está em ruínas”, disse o vereador, citando que o equipamento faz parte da história de Feira de Santana. “Não pode acabar e não pode continuar do jeito que está”, resumiu Edvaldo.

Sobre Carlos Augusto 9522 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).