Governo da Bahia recebe Movimento Passe Livre e anuncia criação de Câmara Técnica para discutir mobilidade urbana

Governador Jaques Wagner e membros do MPL debatem mobilidade urbana.
Governador Jaques Wagner e membros do MPL debatem mobilidade urbana.
Governador Jaques Wagner e membros do MPL debatem mobilidade urbana.
Governador Jaques Wagner e membros do MPL debatem mobilidade urbana.

Após mais de três horas de reunião entre o Movimento Passe Livre (MPL-Salvador) e o governador Jaques Wagner, na Governadoria, na noite desta sexta-feira (09/08/2013), ficou definida a instalação nos próximos dias de uma Câmara Técnica Setorial para discutir o tema da mobilidade urbana no Estado.

Acompanhado do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Zé Neto (PT), e dos secretários Robinson Almeida (Comunicação), Cézar Lisboa (Relações Institucionais) e Cícero Monteiro (Desenvolvimento Urbano), além do diretor-executivo da Agerba, Eduardo Pessôa, o governador garantiu um assento permanente ao grupo na nova Câmara Técnica, que será tema de discussão em novo encontro marcado para a próxima quarta-feira (14), às 10 horas, na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), também no CAB.

De acordo com o deputado Zé Neto, que participou de forma decisiva da instalação de outras importantes câmaras setoriais, a exemplo das que tratam das cadeias produtivas do leite e do frango, o assento para o MPL será “a garantia de um espaço amplo para que os ativistas coloquem seus estudos, seus posicionamentos, para debater o tema junto ao Governo, bem como para discutir o movimento.”

Ainda de acordo com o deputado, “a decisão do governo em receber o movimento demonstra claramente o senso democrático do governador Jaques Wagner e de abertura do projeto que ora governa o Estado”. E completou: “Esse é um instante rico, que com certamente trará não só lições, mas resultados objetivos.”

No encontro, além do tema da mobilidade, foram tratados outros assuntos como segurança pública e redução de tarifas. “Até o pleito das passagens na capital e na Região Metropolitana, inclusive com relação à redução da tarifa, em face da desoneração decretada pelo Governo Federal, foi discutida. O governador disse que não tem objeção em discutir o tema, contudo, o debate tem que ser feito com toda a transparência, dados técnicos, formulações em mãos, para que a tarifa alcance a justeza necessária, buscando sempre o equilíbrio”, defendeu Zé Neto.

Sobre Carlos Augusto 9455 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).