Governo da Bahia anuncia aprovação da proposta econômica do metrô

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jaques Wagner assina com Companhia de Participações em Concessões a concessão do metrô de Salvador/Lauro de Freitas.
Jaques Wagner assina com Companhia de Participações em Concessões a concessão do metrô de Salvador/Lauro de Freitas.
Jaques Wagner assina com Companhia de Participações em Concessões a concessão do metrô de Salvador/Lauro de Freitas.
Jaques Wagner assina com Companhia de Participações em Concessões a concessão do metrô de Salvador/Lauro de Freitas.

O Governo da Bahia anunciou, nesta quarta-feira (21/08/2013), a aprovação da proposta econômica da Companhia de Participações em Concessões (CPC) de R$127,6 milhões por ano como contrapartida do Estado para a implantação do Sistema Metroviário Salvador e Lauro de Freitas.

O leilão, realizado na sede da BM&F Bovespa, em São Paulo, fixou o deságio de 5,05% em relação ao teto estabelecido no edital (R$136 milhões). Este subsídio do Estado contribui para a modicidade tarifária do metrô.

Anunciada durante sessão pública, a proposta concretiza mais uma etapa da licitação do novo metrô, que, em abril deste ano, passou para a responsabilidade do Governo da Bahia. Representando o governo, acompanharam a sessão os secretários Rui Costa (Casa Civil) e Cícero Monteiro (Desenvolvimento Urbano).

“A contrapartida apresentada está de acordo com o edital. Agora, seguiremos para a última etapa do processo licitatório. O compromisso deste Governo é concluir o metrô. Salvador, terceira maior cidade do país, precisa de um transporte público adequado para sua população”, disse Rui. Ele explicou, ainda, que o projeto tem sustentabilidade e que as garantias vão proporcionar rápida execução da obra.

O próximo passo será a abertura do envelope com a documentação jurídica, fiscal e econômico-financeira, que ocorrerá amanhã (22).  O processo licitatório será concluído com a assinatura do contrato, a ser realizada em outubro.

Em modelo de Parceria Público-Privada (PPP), as obras serão retomadas e o cronograma já anunciado pelo Governo está discriminado no contrato. Os dois primeiros trechos a serem entregues são: Lapa a Retiro, em junho de 2014, e Lapa a Pirajá, em dezembro do mesmo ano. O investimento da PPP é de R$3,6 bilhões.

O metrô de Salvador terá 22 estações, num traçado dividido em duas linhas: Linha 1 (17,6 km), chegando até Águas Claras / Cajazeiras, e Linha 2 (24,2km). São 30 anos de concessão, três anos de obras e 27 de operação.

Sobre Carlos Augusto 9652 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).