Encontros debatem o ‘Fazer Poesia e Ficção na Bahia’, eventos ocorrem em Salvador e Feira de Santana

Governo da Bahia promove ‘Fazer Poesia em Salvador e Feira de Santana’.
Governo da Bahia promove ‘Fazer Poesia em Salvador e Feira de Santana’.
Governo da Bahia promove ‘Fazer Poesia em Salvador e Feira de Santana’.
Governo da Bahia promove ‘Fazer Poesia em Salvador e Feira de Santana’.

Escritores de poesia e de ficção vão se encontrar com o público na 2ª edição do projeto Fazer Poesia e Ficção na Bahia, que promove discussões centradas na produção e na importância destes gêneros para a literatura baiana. Desta vez, os debates serão realizados em duas cidades: Salvador, em 26 de agosto de (segunda-feira), às 20 horas, no Cine-Teatro Solar Boa Vista (Engenho Velho de Brotas); e Feira de Santana, no dia 5 de setembro (quinta-feira), às 9 horas, no auditório do Departamento de Letras e Artes da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

A iniciativa, promovida pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), se dedica ao reconhecimento e valorização daqueles que criam escritos artísticos no estado e tem entrada gratuita.

A proposta é de reunir representantes destas áreas de gerações e atuações diversas, iniciantes e consagrados, para um olhar amplo sobre o que se faz em poesia e ficção, das páginas de livros aos blogs, trazendo também uma perspectiva histórica e contextual sobre as questões que se apresentam na atualidade. Temáticas, estéticas, formatos, mercado, consumo, experiências, possibilidades – as pautas se desenvolvem diante destes grandes universos criativos, para uma análise da atividade artística e do posicionamento destas produções na realidade cultural da Bahia.

Para o encontro em Salvador, os convidados são Fábio Mandingo (autor do livro Salvador Negro Rancor, professor de capoeira angola, militante do Pan-Africanismo e do Quilombismo, foi por dez anos diretor do Centro Cultural Quilombo Cecília, produzindo shows, encontros, palestras e lançamentos de livros); Karina Rabinovitz (poeta, autora dos livros do quase invisível e de tardinha meio azul. Trabalha em parceria com a artista visual Silvana Rezende, desde 2005, com intervenções poéticas a partir de videopoemas, objetos poéticos, intervenções urbanas e trabalhos multilinguagens. Em 2012, desenvolveu o projeto o livro de água, composto de poemas, videoarte, obras multilinguagem e livro-objeto homônimo); Lívia Natália (poeta, mestre e doutora em Teorias e Crítica da Literatura e da Cultura pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), onde é professora adjunta do setor de Teoria da Literatura. Em 2011, publicou Água Negra, ganhador do Concurso Literário do Banco Capital em 2011, na categoria Poesia); e Nelson Maca (articulador do Blackitude e Sarau Bem Black, professor do curso de Letras da Universidade Católica do Salvador, poeta e membro do Conselho Estadual de Cultura). A mediação será feita por Denise Carrascosa, professora adjunta do Instituto de Letras da UFBA, mestre e doutora em Teorias e Crítica da Literatura e da Cultura pelo Instituto de Letras da mesma instituição.

Já para encontro em Feira de Santana, estarão presentes Adelice Souza (contista e dramaturga, autora de As Camas e os Cães, Caramujos Zumbis, Para uma Certa Nina e O Homem que Sabia a Hora de Morrer, dentre outros); Aleilton Fonseca (poeta, ficcionista, ensaísta e professor universitário, membro da Academia de Letras da Bahia e autor de Movimento de Sondagem, O Espelho da Consciência, Teoria Particular do Poema, Nhô Guimarães, dentre outros); Marcus Vinícius Rodrigues (ficcionista e poeta, mestre em Letras pela UFBA, onde é professor substituto do Departamento de Letras Românicas. Publicou Pequeno Inventário das Ausências, livro de poesia e participou das coletâneas Concerto Lírico a Quinze Vozes e Os Outros Poemas de que Falei); e Roberval Pereyr (poeta, cofundador da revista Hera, possui dez livros publicados e alguns inéditos. Doutor em Letras e leciona Teoria Literária na UEFS). A mediação ficará a cargo de Carlos Ribeiro, professor adjunto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e membro da Academia de Letras da Bahia.

FAZER POESIA E FICÇÃO NA BAHIA

SALVADOR

Quando: 26 de agosto (segunda-feira), 20 horas

Onde: Cine-Teatro Solar Boa Vista (Parque Solar Boa Vista, s/n, Engenho Velho de Brotas)

FEIRA DE SANTANA

Quando: 5 de setembro (quinta-feira), 9 horas

Onde: Departamento de Letras e Artes da UEFS (Avenida Transnordestina, s/n, Novo Horizonte)

Entrada Franca

Realização: FUNCEB/ SecultBA

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111141 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]