Devolução dos mandatos de Jorge Amado e Carlos Marighella é marco histórico, destaca deputado Marcelino Galo

O filho de Carlos Marighella com o deputado Marcelino Galo durante instalação da Comissão Especial da Verdade
O filho de Carlos Marighella com o deputado Marcelino Galo durante instalação da Comissão Especial da Verdade.
O filho de Carlos Marighella com o deputado Marcelino Galo durante instalação da Comissão Especial da Verdade
O filho de Carlos Marighella com o deputado Marcelino Galo durante instalação da Comissão Especial da Verdade.

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) declarou, nesta terça-feira (13/08/2013), que a devolução dos mandatos de Jorge Amado e Carlos Marighella pela Câmara dos Deputados foi mais um marco para a história do país, sobretudo no que diz respeito ao período da ditadura militar.Durante sessão nesta terça, familiares de ambos os homenageados receberam simbolicamente a devolução dos mandatos. Participaram do ato parentes de outros 12 deputados federais do Partido Comunista do Brasil, que foram eleitos em 1945 para a Assembleia Constituinte de 1946 e cassados em 1948.

Além do escritor Jorge Amado e do político e guerrilheiro Carlos Marighella, também foram devolvidos os mandatos de Maurício Grabois, um dos fundadores do PCdoB, e de João Amazonas, dois personagens históricos da luta contra a ditadura do Estado Novo (1937-45) e a ditadura militar de 1964-1985.

“Buscamos aqui na Bahia a devolução de nove mandatos de parlamentares cassados no período de chumbo do Brasil. O requerimento está em tramitação na Assembleia e esperamos que logo façamos um ato desses aqui no estado para devolver, mesmo que simbolicamente esses mandatos aos seus familiares”, pontua o deputado Marcelino Galo, que também é presidente da Comissão Especial da Verdade da Assembleia Legislativa da Bahia.

Sobre Carlos Augusto 9524 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).