Convênio com município baiano beneficia 13 mil pessoas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Pá carregadeira vai nos ajudar bastante na recuperação de nossas estradas vicinais.
Pá carregadeira vai nos ajudar bastante na recuperação de nossas estradas vicinais.
Pá carregadeira vai nos ajudar bastante na recuperação de nossas estradas vicinais.
Pá carregadeira vai nos ajudar bastante na recuperação de nossas estradas vicinais.

Um convênio assinado entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e a prefeitura municipal de Cristópolis, no Oeste baiano, vai beneficiar cerca de 13 mil habitantes do município. Por meio do convênio, será adquirida uma máquina pá carregadeira de rodas, orçada em R$ 300 mil – parte do recurso aplicado é oriundo de emenda parlamentar executada pela Codevasf.

“Essa pá carregadeira vai nos ajudar bastante na recuperação de nossas estradas vicinais e na abertura e limpeza de tanques, fundamentais para o abastecimento de água das comunidades. A expectativa da população é muito grande para receber esse equipamento para que possamos realizar essas ações”, disse o prefeito Antônio Pereira, que assinou a parceria com a 2ª superintendência regional da Codevasf, baseada em Bom Jesus da Lapa.

No Médio São Francisco baiano a Codevasf já doou, somente neste ano, 48 caixas d’água de 10 mil litros, 7 caixas d’água de 5 mil litros, 126 caixas d´água de mil litros, 36.717 tubos de PVC e 24 kits de irrigação para diversas comunidades em São Félix do Coribe, Serra Dourada, Coribe, Riacho de Santana, Ibotirama, Guanambi, Serra do Ramalho, Seabra, Bom Jesus da Lapa, Feira da Mata e Igaporã.

O investimento, somado, foi de mais de R$ 360 mil, provindos de emendas parlamentares. Os equipamentos estão contribuindo para assegurar acesso a água a uma população rural de cerca de 120 mil habitantes, em uma região fortemente atingida pelos efeitos da estiagem.

Sobre Carlos Augusto 9669 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).