CMFS: depois do silêncio, colegas de bancada comentam declarações do vereador petistas Pablo Roberto

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Alberto Nery: “Preciso deixar claro que não defenderei aqui pessoas, e sim um projeto que há mais de 10 anos mudou a história do nosso país e, há mais de seis anos, a história da Bahia”
Alberto Nery: “Preciso deixar claro que não defenderei aqui pessoas, e sim um projeto que há mais de 10 anos mudou a história do nosso país e, há mais de seis anos, a história da Bahia”
Alberto Nery: “Preciso deixar claro que não defenderei aqui pessoas, e sim um projeto que há mais de 10 anos mudou a história do nosso país e, há mais de seis anos, a história da Bahia”
Alberto Nery: “Preciso deixar claro que não defenderei aqui pessoas, e sim um projeto que há mais de 10 anos mudou a história do nosso país e, há mais de seis anos, a história da Bahia”

“No PT o chicote não funciona”, afirma Nery 

Na sessão legislativa desta terça-feira (20/08/2013), o líder da bancada de oposição, Alberto Nery, em virtude da repercussão negativa gerada por conta do desentendimento entre os seus companheiros de partido, fez questão de salientar que o PT não tem dono.

Em discurso proferido ontem na tribuna da Câmara, o vereador Pablo Roberto teceu duras críticas ao deputado estadual José Neto, salientando que o parlamentar está colocando o “belíssimo” projeto iniciado pelo ex-presidente Lula em risco.

“Preciso deixar claro que não defenderei aqui pessoas, e sim um projeto que há mais de 10 anos mudou a história do nosso país e, há mais de seis anos, a história da Bahia”, declarou Nery, se referindo à administração do Partido dos Trabalhadores.

Segundo ele, para que os avanços sociais acontecessem no país foram necessários muitos esforços coletivos, “desde aquele militante que muitas vezes saía sozinho com sua bandeirinha hasteada a aqueles que conseguiam mobilizar centenas de filiados e filiadas”.

Afirmou que o projeto do PT não se constrói com atitudes isoladas. “Preciso deixar claro para sociedade que partido não é governo e nem vice-versa”.

Para ele, o PT não é e nem pode ser uma extensão do governo. “Temos sim a responsabilidade com o governo, porque encabeçamos, já que o governador é de nosso partido, mas como bem disse Lula: ‘partido é partido, governo é governo’”, frisou.

O líder da bancada de oposição afirmou também que o PT é um partido forjado no debate, no diálogo e na democracia interna. “Com disputas sim, porque também somos um partido de forças e tendências internas, onde muitas vezes disputamos o controle interno do partido, mas não nos digladiamos”.

Nery foi solidário ao vereador Pablo, ressaltando que não concorda com a forma desrespeitosa que o edil foi tratado. “Mas não posso deixar que na dor e no desabafo do companheiro Pablo, outras pessoas, que não estão interessadas na solução do conflito, se aproveitem desse momento que o companheiro passa para tentar manchar o PT e macular o nosso governo”.

O petista disse que se há alguém que acha que é dono do PT ou do governo, que essa pessoa pague pelos atos isolados, pelas posturas e desatinos que tem tido.

“O PT não tem dono, no PT o chicote não funciona. O PT é do povo, é de milhares de Joãos, Marias, Antônios; é de cada um e cada uma que doou sua vida para construção deste partido, que é o maior partido de esquerda do mundo”, declarou Nery, afirmando que tem orgulho de ter doado parte de sua vida ao Partido dos Trabalhadores.

Ele acrescentou que, como sindicalista e fundador do PT, continuará ajudando a construir um caminho de diálogo, de debates e, quando for necessário, de disputas. “Foi assim que chegamos até aqui”, pontuou.

Beldes se surpreende com a declaração de Pablo e o aconselha 

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta terça-feira (20), o vereador Beldes Ramos (PT), disse que ficou surpreendido com as declarações do companheiro de partido, o edil Pablo Roberto, em relação ao deputado estadual José Neto.

“Confesso ter sido surpreendido com as declarações do vereador Pablo Roberto, muito embora eu compreenda e respeite os sentimentos dele em decorrência da exoneração do companheiro Danilo Araujo, que era diretor do Zilda Arns”, disse Beldes.

Para ele, a atitude do vereador Pablo Roberto foi precipitada e impulsionada pelo calor da emoção. Segundo Beldes, o edil utilizou “predicados e predicativos” com a intenção de atingir o deputado Zé Neto, porém acabou atingindo também a imagem do partido. “Eu ainda sou daquela lógica que roupa suja se lava em casa”, disse.

Beldes ressaltou que, como vereador e membro da bancada de oposição, seu companheiro Pablo Roberto tem dado importante contribuição ao Legislativo e à sociedade feirense. Partindo desse pressuposto, ele aconselhou o colega para não deixar que as divergências com o deputado sejam o foco do seu mandato. “O nosso foco é um macro projeto de um partido que trouxe a este país transformações sociais, econômicas e históricas”, salientou.

Em sua opinião, o deputado José Neto também tem “no hall suficiente e uma história política de serviços prestados à comunidade feirense, que já fazem sua defesa”.

Em seguida, Beldes fez questão de ressaltar que o desafeto de Pablo com José Neto não irá abalar em nada o seu relacionamento com o vereador nem atrapalhar o projeto do Partido dos Trabalhadores.

Pablo reafirma acusações contra Zé Neto e garante que não deixará o PT 

Depois dos pronunciamentos dos companheiros de partido Beldes Ramos e José Nery a respeito de seu desentendimento com o deputado estadual José Neto, também do PT, o vereador Pablo Roberto subiu à tribuna da Casa da Cidadania, nesta terça-feira (20) e reafirmou tudo o que havia dito sobre o parlamentar. Ele falou da relação de amizade e respeito com Beldes e Nery e negou a possibilidade de deixar o partido.

Pablo disse que não conhecia os colegas vereadores antes da eleição, a não ser pelo trabalho que os mesmos realizavam. “Nesta Casa, construímos uma relação de cordialidade e respeito”, afirmou, frisando que todos eles são responsáveis pelo que fazem ou dizem “sempre que a consciência assim o ditar” e confirmou o que pensa do deputado José Neto: “não é postura correta de um parlamentar de Feira de Santana”.

Assegurando que o desentendimento com o deputado nada tem a ver com o partido, Pablo disse que está no PT por convicção, pois com todas as dificuldades a legenda tem a maior aceitação do povo brasileiro. “Continuarei defendendo o governo Dilma e o governo Wagner. Não sou irresponsável e nem saio por aí falando sem medir as consequências”, declarou, acrescentando que não vai aceitar política de “manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

Leia +

Em Feira de Santana, líder do governo Wagner na AL-BA sofre duras críticas de vereador petista

Em Feira de Santana, vereador do PT dispara duras críticas ao deputado Zé Neto

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121701 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.