Senado rejeita indicação de Vladimir Aras, um dos mais brilhantes procuradores da república, e MPF emite nota

Vladimir Aras obteve 499 votos. Procurador foi o membro mais votado na lista tríplice destinada à vaga do MPF na renovação do CNMP em 2013. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)
Vladimir Aras obteve 499 votos. Procurador foi o membro mais votado na lista tríplice destinada à vaga do MPF na renovação do CNMP em 2013. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)
Vladimir Aras obteve 499 votos. Procurador foi o membro mais votado na lista tríplice destinada à vaga do MPF na renovação do CNMP em 2013. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)
Vladimir Aras obteve 499 votos. Procurador foi o membro mais votado na lista tríplice destinada à vaga do MPF na renovação do CNMP em 2013. (Foto: Carlos Augusto, Jornal Grande Bahia)

O Ministério Público Federal da Bahia emitiu nota onde manifesta indignação diante da rejeição, pelo Senado, do nome de Vladimir Barros Aras para ocupar o Conselho Nacional do Ministério Público. A nota também destaca a escolha de Aras por procuradores do país, sendo o mais votado pela categoria para ocupar a vaga.

Considerado um brilhante procurador, e combatente da corrupção nas esferas pública e privada, Aras teve a indicação rejeitada pelo plenário do Senado, após ter o nome aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da casa legislativa.

Confira a íntegra da nota

Os procuradores da República no Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) manifestam sua indignação diante da rejeição pelo Senado de um membro da instituição à vaga do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Com 499 votos, o procurador da República Vladimir Aras foi o membro mais votado pelo Colégio de Procuradores para a lista tríplice destinada à vaga do MPF na renovação do CNMP para o biênio 2013-2015. O procurador também teve seu nome aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Na votação realizada ontem, 3 de julho, no Senado, Aras recebeu 38 votos favoráveis, mas seriam necessários 41 para a sua aprovação. Depois que o resultado da votação foi anunciado, quatro senadores pediram ao presidente do Senado, Renan Calheiros, para que seus votos favoráveis fossem computados. O pedido foi rejeitado pelo presidente da casa, mas um recurso do senador Wellington Dias foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça para que analisasse a situação.

Assessoria de Comunicação do Ministério Público Federal na Bahia, 4 de julho de 2013.

Leia +

Em retaliação a Gurgel, 17 senadores derrotam indicado ao conselho do MP

Senadora Lídice da Mata protesta contra rejeição do procurador Vladimir Aras para Conselho do Ministério Público

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120796 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.