Cepreng investe nos trabalhadores e aposta na qualidade como diferencial na construção de imóveis para o Programa Minha Casa Minha Vida

Qualidade das obras da CEPRENG é resultado de trabalhadores qualificados, técnicas, materiais e terrenos adequadas, e respeito à sociedade.
Qualidade das obras da CEPRENG é resultado de trabalhadores qualificados, técnicas, materiais e terrenos adequadas, e respeito à sociedade.
Escritório central da CEPRENG, fica localizado em Feira de Santana.
Escritório central da CEPRENG, fica localizado em Feira de Santana.
Antônio Novais: "Temos um excelente relacionamento com a Caixa Econômica Federal e buscamos cumprir as exigências socioambientais necessárias a execução dos empreendimentos.".
Antônio Novais: “Temos um excelente relacionamento com a Caixa Econômica Federal e buscamos cumprir as exigências socioambientais necessárias a execução dos empreendimentos.”.
Qualidade das obras da CEPRENG é resultado de trabalhadores qualificados, técnicas, materiais e terrenos adequadas e respeito à sociedade.
Qualidade das obras da CEPRENG é resultado de trabalhadores qualificados, técnicas, materiais e terrenos adequadas, e respeito à sociedade.
A CEPRENG mantém o canteiro de obras limpa, com objetivo de proporcionar maior segurança aos trabalhadores, velocidade nas obras e qualidade final do empreendimento.
A CEPRENG mantém o canteiro de obras limpo, com objetivo de proporcionar maior segurança aos trabalhadores, velocidade nas obras e qualidade final do empreendimento.
No alto dos prédios do Verde Água, trabalhador é preso a uma linha de vida. Segurança é um dos pontos de destaque da empresa.
No alto dos prédios do Verde Água, trabalhador é preso a uma linha de vida. Segurança é um dos pontos de destaque da empresa.
Piso tipo porcelanato é um dos materiais utilizados no acabamento do empreendimento Verde Água, pela CEPRENG.
Piso tipo porcelanato é um dos materiais utilizados no acabamento do empreendimento Verde Água, pela CEPRENG.

Com sede em Feira de Santana e dirigida pelo engenheiro Antônio Novais, a Cepreng Engenharia e Premoldados Ltda. tem adotado práticas empresariais avançadas para o setor da construção Civil. Especializada na construção de imóveis residenciais, e com importante presença no programa de habitação do governo federal, Minha Casa Minha Vida (PMCMV), a empresa investe na aquisição de materiais de referência, e  no social, apoiando as demandas dos trabalhadores e requalificando através de cursos técnicos.

Antônio Novais explica que “com material de primeira qualidade e funcionários satisfeitos, temos empreendimentos executados com elevada qualidade de acabamento, e baixo retorno de manutenção.” . O empresário destaca a parceria estabelecida com o Governo Federal com o objetivo de atender as diretrizes do Programa Minha Casa Minha Vida. “Temos um excelente relacionamento com a Caixa Econômica Federal e buscamos cumprir as exigências socioambientais necessárias a execução dos empreendimentos.”.

Outro ponto de destaque, nas práticas adotadas pela Cepreng é a estabilidade do quadro funcional, com funcionários registrados há mais de 10 anos. “Manter um quadro estável nos permite ter uma equipe coesa, contribuindo com a qualidade e a pontualidade na entrega dos empreendimentos contratados.”, explica Novais.

Para atingir o padrão de qualidade final da obra, a Cepreng investe na compra de terrenos bem localizados e que atendam as normas ambientais, além de investir em materiais de reconhecidas empresas, a exemplo da Simens, Tigre e Amanco, porcelanato Portobello e porcelanato Elizabeth.

Empreendimento é avaliado

À convite da direção da Cepreng, a equipe do Jornal Grande Bahia visitou o Residencial Verde Água, localizado em Feira de Santana, na Avenida Antônio Sérgio Carneiro. O empreendimento possui 240 unidades, tipo vilage, faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida, e demandou investimentos da ordem de R$ 13.680 milhões.

Chama atenção o fato do próprio diretor da empresa, Antônio Novais, assinar como responsável técnico, o que denota o compromisso profissional e pessoal com a obra. Diferente do que ocorre com muitos empreendimentos e imóveis em Feira de Santana, o Verde Água possui recuo de 60 metros em relação à Avenida, o que resulta em conforto e segurança para os futuros moradores, e para a população que trafega pela via, uma vez que o recuo permite que a via fique desimpedida.

Também merece destaque o fato do empreendimento possuir um considerável recuo entre o acesso e as casas, o que permite que visitantes possam estacionar os veículos de forma segura. Neste ponto o empreendimento inova, cada unidade residencial possui uma vaga para estacionamento de veículo próprio, além de ter via de acesso principal com oito metros de largura. Tanto o estacionamento, como a via principal será entregue com pavimentação. A previsão é que o empreendimento fique concluso na segunda quinzena de agosto de 2013.

Conferindo o estoque de produtos e as várias fases da obra, pôde-se verificar o cuidado com a aquisição e uso de materiais certificados. O empreendimento também se destaca pelo acabamento utilizado no piso, sendo aplicado piso cerâmico tipo porcelanato.

Acessibilidade

O empreendimento também se destaca por atender as normas de acessibilidade. Ao longo da via de acesso aos vilages foram dispostas rampas especiais e construídos oito apartamentos, no térreo, para pessoas com necessidades especiais.

Preservando o espaço verde

Um cuidado adotado ao se edificar os vilages foi com relação às árvores que ficam no em torno do empreendimento. Segundo o engenheiro de campo Rosenilson Macedo a orientação é preservar o máximo possível a vegetação original do terreno. “Quando o empreendimento é entregue, os moradores podem apreciar as árvores de grande porte preservadas. O que confere maior harmonia aos empreendimentos construídos pela Cepreng.”, finaliza.

Confira imagens da reportagem

Sobre Carlos Augusto 9705 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).